13º salário do INSS: não fui contemplado, como consultar se suspenderam meu abono?

Segurados do INSS podem contestar ausência de seus pagamentos. Na próxima semana, a previdência social dará início aos depósitos do 13º salário. Divido em duas rodadas com um valor de 50% cada, o abono foi antecipado para movimentar a economia nacional. Abaixo, saiba o que fazer caso a quantia não caia na sua conta.

13º salário do INSS: não fui contemplado, como consultar se suspenderam meu abono? (Imagem: FDR)
13º salário do INSS: não fui contemplado, como consultar se suspenderam meu abono? (Imagem: FDR)

O 13º salário do INSS foi novamente antecipado pelo Governo Federal. Buscando movimentar o PIB Nacional, o abono deverá injetar mais de R$ 40 bilhões na economia. Terá direito todos aqueles que estão vinculados a previdência com salários mensais, excetos os segurados do BPC.

No entanto, caso o benefício não seja depositado é possível consultar pela internet para entender o motivo da suspensão. Para isso, basta recorrer aos canais de atendimento abaixo:

  • Por telefone: através da central de atendimento por telefone, no número 135
  • Atendimento presencial: o segurado pode ir até uma das agências do INSS e informar que deseja saber como consultar o 13º salário INSS. O atendimento é feito após agendamento de data e horário junto a agências.
  • Por site: através do site Meu INSS
  • Pelo app do Meu INSS

Como fazer a consulta no aplicativo do Meu INSS

Por aplicativo Meu INSS: disponível para Android e iOS. Confira o passo a passo:

  1. Faça o download da plataforma em um celular
  2. Cadastre seus dados como CPF, nome completo, data de nascimento e crie uma senha
  3. Depois, na tela inicial clique em “Entrar” para acessar à lista de serviços que estão disponíveis no Meu INSS.
  4. Procure pelo botão “extrato” para consultar o 13º salário INSS. Desta forma, é possível conferir quando o dinheiro será liberado.

Calendário da primeira parcela do 13º salário do INSS

Pagamento para quem recebe benefício até um salário mínimo

  • Final do Benefício 1 – 25/04 (segunda-feira)
  • Final do Benefício 2 – 26/04 (terça-feira)
  • Final do Benefício 3 – 27/04 (quarta-feira)
  • Final do Benefício 4 – 28/04 (quinta-feira)
  • Final do Benefício 5 – 29/04 (sexta-feira)
  • Final do Benefício 6 – 02/05 (segunda-feira)
  • Final do Benefício 7 – 03/05 (terça-feira)
  • Final do Benefício 8 – 04/05 (quarta-feira)
  • Final do Benefício 9 – 05/05 (quinta-feira)
  • Final do Benefício 10 – 06/05 (sexta-feira)

Para quem tem benefício acima do salário mínimo

  • Final do benefício 1 e 6 – 02/05 (segunda-feira)
  • Final do benefício 2 e 7 – 03/05 (terça-feira)
  • Final do benefício 3 e 8 – 04/05 (quarta-feira)
  • Final do benefício 4 e 9 – 05/05 (quinta-feira)
  • Final do benefício 5 e 0 – 06/05 (sexta-feira)

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.