Crédito consignado do INSS tem regras divulgadas; confira

INSS divulga novos informes sobre seu crédito consignado. Nessa segunda-feira (28), a previdência social informou as regras de concessão da sua linha de empréstimo. De acordo com a Instrução Normativa 131, os bancos irão ampliar sua margem consignável de 35% para 40% para os pensionistas. Entenda mais, abaixo.

Crédito consignado do INSS tem regras divulgadas; confira (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)
Crédito consignado do INSS tem regras divulgadas; confira (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)

Diante do atual cenário de crise econômica e instabilidade financeira, o governo federal vem aprovando uma série de medidas que objetivam movimentar o PIB nacional. Nessa semana, o INSS informou a ampliação da margem do seu crédito consignado, agora o cidadão poderá solicitar um valor que ocupe até 40% do seu salário mensal.

Anteriormente, a margem era de 35%. Isso significa dizer que a população terá direito a empréstimos com valores mais altos. A medida irá liberar ainda a concessão do consignado para os segurados do Benefício de Prestação Continuada (BPC/Loas).

De acordo com a Instrução Normativa, a divisão acontecerá com base na seguinte proporção:

  • Até 35% para as operações de empréstimo pessoal convencional com desconto em folha.
  • Até 5% para as transações com cartão de crédito ou cartão consignado de benefício.

No que diz respeito ao prazo máximo de pagamento do empréstimo, ele será de até 84 parcelas. Já as taxas de juros ficarão em 2,14% (para operações de crédito consignado convencionais) e 3,06% (para transações com cartão de crédito).

Lista dos documentos exigidos para aprovar seu consignado

  • seu RG
  • seu CPF;
  • um comprovante de residência;
  • seu contracheque ou número de beneficiário do INSS — este último é para comprovar seu vínculo a alguma empresa/organização que tenha convênio com bancos que ofereçam o consignado.

Quem tem direito ao consignado do INSS?

  • A pessoa que seja aposentada ou pensionista do INSS
  • É preciso ser titular da aposentadoria ou pensão ou ser representante legal da pessoa titular do benefício (que possua termo de representação legal).
  • Importante! O procurador não pode solicitar este serviço. Sendo assim, não é possível realizar empréstimo consignado em benefício que tenha procurador cadastrado.

Para mais informações sobre o INSS e seus serviços, acesse nossa página previdenciária com todos os detalhes do órgão.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.