FGTS: como consultar para saber se vou poder sacar os R$ 1.000?

Pontos-chave
  • Saque extraordinário começa 20 de abril e termina 15 de junho;
  • Valores serão automaticamente depositados no Caixa Tem;
  • Consulta pode ser feita pelo app do FGTS.

A consulta para descobrir quanto do saque extraordinário do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) poderá ser resgatado já está disponível. Embora o Governo Federal tenha estabelecido um limite, o valor exato pode variar de um trabalhador para outro. 

FGTS: como consultar para saber se vou poder sacar os R$ 1.000?
FGTS: como consultar para saber se vou poder sacar os R$ 1.000? (Imagem: FDR)

Isso porque, o saque se limita a, no máximo, R$ 1.000. Portanto, quem possui mais saldo em conta terá o resgate limitado ao valor mencionado. Por outro lado, quem tem menos de R$ 1.000 em contas ativas e inativas do fundo receberá uma quantia proporcional. 

Esta é a razão pela qual a consulta do saque extraordinário do FGTS é tão importante, pois tem o poder de esclarecer todas as dúvidas do trabalhador sobre esta iniciativa sem que ele precise sair de casa. Foi então que houve a disponibilização de uma nova versão do aplicativo do FGTS, contendo todas as funcionalidades. 

Opções de consulta do saque extraordinário do FGTS

Pelo aplicativo

  1. Faça o download do aplicativo do FGTS no seu celular. Em seguida, acesse sua conta com CPF e senha do Internet Banking da Caixa;
  2. Na tela principal do app, localize a opção do Saque Extraordinário do FGTS e verifique o valor;
  3. Caso não queira receber o benefício, é possível informar pelo próprio app.

Pelo site

  1. Clique aqui para acessar o site oficial do FGTS Extraordinário;
  2. Em seguida, insira o CPF ou o número do PIS para iniciar a consulta. Para validar o seu acesso, é necessário autenticar com senha e com código recebido pelo celular;
  3. Após essas etapas, é possível conferir a previsão de pagamento do seu Saque Extraordinário do FGTS;

SMS e correspondência

A consulta pode ser feita por SMS ou receber o extrato por correspondência a cada dois meses. Em todo caso, é preciso manifestar o interesse preenchendo um formulário neste link. 

Saque de até R$ 1.000 do FGTS

O Governo Federal lançou um pacote de medidas de estímulo no intuito de reaquecer a economia do país. Dentre as ações está a liberação do saque de R$ 1.000 do FGTS. O pacote que visa reaquecer a economia do país foi denominado de “Programa Renda e Oportunidade”, lançado durante uma cerimônia realizada no Palácio do Planalto. 

O saque de R$ 1.000 do FGTS ficará disponível até o dia 15 de dezembro de 2022. A previsão é para que cerca de 40 milhões de trabalhadores sejam amparados por esta medida. Para atendê-los, o Governo Federal fará um investimento aproximado de R$ 30 bilhões, os quais devem retornar para a economia do país.

A princípio, todo o trabalhador com carteira assinada automaticamente adquire o direito ao FGTS, logo, terá a oportunidade de efetuar o saque de R$ 1.000 em breve. No entanto, é preciso prestar atenção em dois fatores. O primeiro é que a quantia mencionada é o máximo que o trabalhador poderá sacar. Segundo, será considerada a soma de todo o saldo presente em contas ativas e inativas. 

Calendário do saque de até R$ 1.000 do FGTS

O cronograma de liberações já foi divulgado, tendo sido organizado com base no mês de nascimento do trabalhador, começando a partir do dia 20 de abril. Veja:

  • Nascidos em janeiro: 20 de abril;
  • Nascidos em fevereiro: 30 de abril;
  • Nascidos em março: 04 de maio;
  • Nascidos em abril: 11 de maio;
  • Nascidos em maio: 14 de maio;
  • Nascidos em junho: 18 de maio;
  • Nascidos em julho: 21 de abril;
  • Nascidos em agosto: 25 de abril;
  • Nascidos em setembro: 28 de abril;
  • Nascidos em outubro: 1º de junho;
  • Nascidos em novembro: 08 de junho;
  • Nascidos em dezembro: 15 de junho.

Os valores que não forem resgatados até o prazo final, retornarão para as contas ativas e inativas do trabalhador com a devida correção. 

Depósito do saque de até R$ 1.000 do FGTS

É preciso saber que os valores serão liberados com base nas datas estabelecidas no calendário de saques do FGTS Extraordinário de R$ 1.000 baseadas no mês de nascimento do trabalhador através da conta poupança social digital, gerenciada pelo aplicativo Caixa Tem.

No banco digital o trabalhador pode fazer transferências via TED, DOC, usar a chave Pix, fazer pagamentos via QR Code e muito mais sem pagar nenhuma taxa.

Desde o primeiro momento, o Governo Federal deixou claro que do FGTS Extraordinário de R$ 1.000 tem o intuito de estimular os trabalhadores a colocar as dívidas em dia. Portanto, como se trata de uma medida a caráter emergencial, será liberado o saque máximo de até R$ 1.000. Veja um exemplo de como o saque acontecerá na prática:

  • Trabalhador que possui R$ 2.000 ou mais em conta – o saque será limitado a R$ 1.000, o restante permanece resguardado nas contas ativas e inativas do fundo de garantia;
  • Trabalhador que possui até R$ 1.000 em conta – o saque será proporcional à quantia depositada. Se o saldo for de R$ 500, ele poderá sacar apenas R$ 500 dos R$ 1.000 liberado pelo governo.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.