FGTS: falso aplicativo criado por golpistas circula; saiba como evitar

No final da última semana o Governo Federal lançou uma nova versão do aplicativo do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), a qual conta com a funcionalidade de consultar o saque extraordinário que será liberado a partir do dia 20 deste mês.

FGTS: falso aplicativo criado por golpistas circula; saiba como evitar
FGTS: falso aplicativo criado por golpistas circula; saiba como evitar. (Imagem: FDR)

Contudo, os golpistas e hackers viram essa iniciativa como uma ótima oportunidade para criar uma versão falsa da plataforma e se aproveitar da empolgação dos trabalhadores. 

Desde a última sexta-feira, 8, data em que o aplicativo atualizado foi oficialmente lançado, vários golpistas já conseguiram roubar os dados dos usuários. Por isso, é importante reforçar que ao buscar o acesso à plataforma, recorra sempre às lojas online dos sistemas Android e iOS, que são a Play Store e a App Store, respectivamente. Estes são os únicos lugares onde a versão original pode ser baixada no aparelho celular ou tablet. 

O aplicativo do FGTS reúne uma série de informações trabalhistas sobre cada cidadão, desde o extrato de depósitos feitos por cada empresa, ao modelo de saque escolhido, conta bancária onde deseja receber os valores e muito mais.

Mas infelizmente, o usuário não possui controle do que pode acontecer com os dados inseridos no programa, muito menos sabe qual é o impacto do programa no celular. 

Sendo assim, o golpista que tiver acesso aos dados presentes na conta do FGTS pode fazer o que quiser com eles, até mesmo “sequestrar” o aparelho roubando o acesso ao WhatsApp e demais redes sociais. Nestas práticas é possível se passar pelo proprietário do aparelho e tentar aplicar novos golpes fazendo das vítimas os amigos e familiares.

Desta maneira, para verificar se o aplicativo é ou não verdadeiro, a recomendação é conferir o desenvolver dele, informação situada bem abaixo do nome. A plataforma original do FGTS vem acompanhada do nome da Caixa Econômica Federal (CEF). 

O trabalhador também tem a oportunidade de acessar o aplicativo verdadeiro diretamente pelo site oficial da instituição financeira, onde há um link no inferior da tela que irá redirecionar o usuário para a página correta.

Se o trabalhador já tiver feito o download do aplicativo falso do FGTS, especialistas recomendam que ele seja excluído do celular imediatamente. Além do mais, o aconselhável é se manter atento às tentativas de golpes que usam dados pessoais para conquistar confiança. 

Na oportunidade, a Caixa reforça que não faz parte de sua política o envio de mensagens solicitando senhas, dados bancários ou demais informações pessoais, além de não enviar links nem confirmações de acesso a dispositivos ou contas.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.