FGTS: confira valor e quando o novo saque poderá ser realizado

Novo pagamento é confirmado pelo poder público. A partir do dia 20 de abril, 56 milhões de brasileiros poderão ser contemplados com um valor de R$ 1 mil. A quantia será retirada através das contas ativas e inativas do FGTS. Abaixo, confira as datas e como será feito o repasse.

FGTS: saque de até R$ 1.000 é liberado pelo Governo; vale a pena resgatar agora? (Imagem: FDR)
FGTS: confira valor e quando o novo saque poderá ser realizado (Imagem: FDR)

Com o país em crise, o governo federal vem buscando por alternativas para movimentar seu PIB. Nessa quinta-feira (17), o ministério da economia confirmou um saque extraordinário pelo FGTS. Cerca de 40 bilhões serão aplicados no mercado nacional até o dia 15 de junho.

Quem pode fazer o saque extraordinário?

Qualquer cidadão que esteja vinculado ao FGTS terá direito de fazer o saque. Não há renda mínima que determine a sua concessão. No entanto, é preciso ter saldo em contas ativas ou inativas.

Ou seja, apesar de não determinar o pagamento a partir de uma renda fixa declarada, o governo implicitamente afirma que só fará o repasse para quem tiver ao menos R$ 1.001 retido no FGTS.

Quando irei receber?

O calendário dos depósitos já foi anunciado. Os primeiros contemplados, nascidos em janeiro, receberão no dia 20 de abril, já o último grupo, com aniversário em dezembro, recebe a partir de 15 de junho.

Confira as datas:

Calendário do Saque Extraordinário do FGTS

  • Nascidos em janeiro – 20 de abril
  • Nascidos em fevereiro – 30 de abril
  • Nascidos em março – 4 de maio
  • Nascidos em abril – 11 de maio
  • Nascidos em maio – 14 de maio
  • Nascidos em junho – 18 de maio
  • Nascidos em julho – 21 de maio
  • Nascidos em agosto – 25 de maio
  • Nascidos em setembro – 28 de maio
  • Nascidos em outubro – 1º de junho
  • Nascidos em novembro – 8 de junho
  • Nascidos em dezembro – 15 de junho

Como fazer o saque?

O valor será enviado para as contas do Caixa Tem. Isso significa que você obrigatoriamente precisa fazer login na plataforma. Basta instalar o app no seu celular e com a data de nascimento, número do CPF e nome completo, acessar seu perfil individual.

Com a quantia na conta, é possível transferir para outras instituições bancárias ou sacar presencialmente em uma agência da Caixa.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.