Covid-19: farmácias já vendem autoteste em lojas online; confira valores

Farmácias já vendem autotestes para Covid-19 em suas lojas online. A venda de kits foi liberada pela Anvisa ainda em janeiro, mas antes era necessário que os produtos passassem pelo processo de regulamentação.

No último dia 28 de janeiro, a Anvisa autorizou que os kits pudessem ser vendidos em farmácias para que a população comum pudesse realizar os autotestes para Covid-19. Antes, a testagem apenas poderia ser realizada por profissionais de saúde.

Da liberação até a comercialização dos autotestes

Apesar da liberação ter acontecido ainda em janeiro, os produtos precisaram antes de ser comercializados passar pela aprovação e registro da Anvisa.

Os testes vendidos são os antigenos que indicam ou não a presença do vírus em até 15 minutos. Em cada kit deve conter um dispositivo de teste, um tampão de extração, o filtro e o swab (haste usada para coleta nasal).

De acordo com a Anvisa os requisitos estabelecidos para que os fabricantes fosse aprovados são de que as instruções de uso devem ser claras, assim como também as informações referentes as formas de aplicação e descarte do material.

Quanto custa um autoteste

A compra de autotestes pela internet apenas pode ser feita por farmácias e drogarias regularizadas pela vigilância sanitária, além de estabelecimentos licenciados que comercializam materiais hospitalares. Confira quanto custa um autoteste em algumas redes com preços já disponíveis nos sites:

  • Drogaria São Paulo: R$ 69,90
  • Drogarias Pacheco: R$ 89,90

Por se tratar de um produto recentemente inserido no catálogo, muitas farmácias ainda devem disponibilizar os preços dos autoteste disponíveis no catálogo de seu e-commerce para a venda online nos próximos dias.

Fiz o autoteste e deu positivo e agora?

No caso da autotestagem ser positiva para Covid-19, o Ministério da Saúde sugere que o paciente procure uma unidade de saúde para que o quadro possa ser confirmado.

O autoteste é um recurso orientativo, usado como triagem, não sendo suficiente para a conclusão do diagnóstico da doença. É válido ressaltar ainda que a autotestagem também não poderá ser utilizada como passaporte

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Hannah Aragão
Hannah Aragão é graduanda em jornalismo pela Universidade Federal de Pernambuco, a UFPE. Atuou em diversas áreas da comunicação, passando por assessoria, endo marketing, comunicação estratégica e jornalismo impresso. Atualmente, se dedica ao jornalismo online na produção de matérias para o portal FDR.