Covid-19: os autotestes podem ser comprados pela internet?

Com mais um aumento no número de casos da Covid-19, os testes voltam a ser bastante procurados e com isso a comercialização para o autoteste foi recentemente liberada.

Na última sexta-feira (28), a diretoria da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberou a venda de testes para Covid-19 para a população. Assim, os testes podem ser realizados como autotestes. Até então, a testagem apenas poderia ser feita por profissionais de saúde.

Apesar da liberação, os autotestes não podem ser vendidos imediatamente no país, já que os produtos ainda precisam ser aprovados e registrados pela Anvisa.

Segundo a diretoria da Anvisa, uma série de requisitos foram estabelecidos para que os fabricantes de autotestes possam comercializar seus produtos. Além disso, as instruções de uso do material devem ser claras, bem como as formas de aplicação e descarte, ilustrações também devem estar presentes no produto.

A população deve estar atenta também ao fato de que a autotestagem não será válida como comprovante de viagem. Para isso, o teste recomendado é o RT-PCR.

Autotestes podem ser comprados pela internet?

A compra dos autotestes pela população poderá ser realizada em farmácias e drogarias que estejam regularizados pela vigilância sanitária. Outra opção é adquirir em estabelecimentos licenciados que comercializam materiais médicos.

A compra online somente é permitida quando feita nos estabelecimentos já citados. Sites de e-commerce como Mercado Livre e Shopee não possuem licença para vender nenhum tipo de teste para Covid-19.

 Qual o autoteste que poderá ser feito em casa?

De acordo com a Anvisa, os autotestes são orientativos e usados como triagem para permitir o isolamento imediato em caso de um teste positivo.

Os testes liberados para a venda para população serão os de antígenos. Esses poderão ser realizados por leigos, os testes de anticorpos não são permitidos.

E se der positivo?

Em nota técnica à Anvisa, o Ministério da Saúde comunicou que diante do resultado positivo para Covid-19 através do autoteste, os pacientes devem procurar uma unidade de saúde para a confirmação do quadro. 

As autoridades do assunto afirmam que somente o autoteste não será o suficiente para que o diagnóstico positivo da doença seja considerado.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Hannah Aragão
Hannah Aragão é graduanda em jornalismo pela Universidade Federal de Pernambuco, a UFPE. Atuou em diversas áreas da comunicação, passando por assessoria, endo marketing, comunicação estratégica e jornalismo impresso. Atualmente, se dedica ao jornalismo online na produção de matérias para o portal FDR.