Debêntures: 5 motivos para você ficar longe deste investimento

A rentabilidade que uma Debênture oferece vale a pena? Qualquer um que vê o quanto uma Debênture oferece de retorno, se empolga achando que é uma excelente possibilidade de investimento. Ainda mais neste momento de alta da Selic que infelizmente a frase “Agora é a hora de investir na renda fixa” vem à tona.

15% de retorno ao ano ,140% do CDI, IPCA + 7,50% chamam atenção. O problema é que calotes acontecem nas Debêntures, mesmo a empresa sendo grande. Abaixo você irá entender, o porquê as debentures são compensarem. Apesar de ser investimento de renda fixa, é mais arriscado investir em debentures do que em ações!

Empresas que não conseguem pegar empréstimo ou conseguem somente com juros muito altos, devido serem más pagadoras, acabam emitindo debentures oferecendo alto rendimento para o investidor, ou seja, o investidor acaba emprestando dinheiro para uma empresa que nem as grandes instituições financeiras querem emprestar. Com todo respeito, você acha que os grandes bancos são menos espertos do que você? Debenture é muito perigoso!

Um calote recente de grande empresa: a Concessionária Rodovias do Tietê em novembro de 2019 simplesmente não pagou os investidores. Já passou mais de dois anos e você acha que algum investidor conseguiu recuperar seus recursos?

A XP Investimentos oferecia esta debênture e Youtubers patrocinados pelas corretoras costumavam elogiar este investimento, por serem bem recomendados pelas corretoras que lucram em cima das debentures que oferecem.

Entenda pontualmente os riscos das debêntures:

1) O risco desse investimento é o risco da empresa

Diferente das ações, em que buscamos empresas sólidas, que lucram e possuem dívidas controladas, as debêntures que mais oferecem retorno são de empresas em dificuldades financeiras.

2) Não tem garantia do Fundo Garantidor de Créditos

Diferente de CDB, LCI, LCA e Poupança que possuem garantia por CPF ou CNPJ de 250 mil reais por instituição participante.

3) A empresa que emite a debenture pode mudar as regras de pagamento

Mesmo depois de você já ter investido. Você costuma ler o longo formulário no momento de concluir um investimento de renda fixa? Fica a reflexão.

4) A empresa está com dificuldades financeiras

Debênture é uma dívida cara para a empresa. Se a empresa emite debêntures, é porque ela não conseguiu empréstimo mais barato em grandes instituições financeiras ou teve dificuldade de capitar recursos em bolsa de valores.

5) Possibilidade de calote

Calotes acontecem com a empresa quebrando ou não. Você como empresário, prefere pagar primeiro funcionários, fornecedores, sócios ou prefere pagar bancos ou pessoas físicas que você deve?

Eu já tenho uma Debênture, consigo evitar um eventual prejuízo?

Entre em contato com a corretora e verifique se é possível resgatar de forma antecipada, se você entendeu que não quer ter investimentos ruins em sua carteira de investimentos. Pode ser que a corretora te ofereça em troca da debenture, a devolução do valor que você investiu ou ofereça devolver este valor com uma pequena valorização (não se apegue a rentabilidade que aparece no seu aplicativo, afinal pode ser que você não veja a cor desse dinheiro um dia).

Talvez você tenha uma pequena perda no curto prazo, mas evitará uma perda maior no longo prazo. Mais importante é aprender com o erro e evoluir.

Se você quer investir em empresas e obter alto retorno, você deve estudar ações. O mercado de ações tem liquidez imediata (você consegue vender suas ações em um dia). As debêntures possuem prazo. Seu dinheiro fica parado e você não consegue resgatar por anos. Fora isso, esperar anos e ainda tomar calote? Pense bem!

Um forte abraço e bons investimentos!

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Cleiton Vicente
Formado em Administração de Empresas, pós-graduado em Finanças com especializações em Investimentos, Psicologia Econômica e Planejamento Financeiro. Founder da "Finanças.Vc" e atua como Consultor de Finanças Pessoais e Investimentos com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro. No FDR, possui sua própria coluna com dicas e orientações sobre como investir com segurança e de forma descomplicada.