Imposto de Renda 2022: Receita Federal divulga calendário para restituições

Nesta quinta, 24, a Receita Federal divulgou as regras para o Imposto de Renda Pessoa Física 2022. O prazo começa no próximo dia 7 de março e termina em 29 de abril. Também foi revelado o calendário de restituição do IR que se inicia em 31 de maio.

Os contribuintes que se adiantam e enviam sua declaração o mais cedo possível, tem mais chances de ser restituído nos primeiros lotes. O programa gerador do IRPF será disponibilizado no dia 7 de março.

Da mesma forma que aconteceu no último ano, a Receita separou os pagamentos das restituições em 5 lotes. O primeiro deles será pago em 31 de maio e o último em 30 de setembro. Confira as datas:

  • 1º lote: 31 de maio
  • 2º lote: 30 de junho
  • 3º lote: 29 de julho
  • 4º lote: 31 de agosto
  • 5º lote: 30 de setembro

Restituição via PIX

Neste ano, os contribuintes que possuírem Imposto a restituir em sua declaração do IR, poderão receber o valor devido através do PIX, solução de pagamentos instantâneos desenvolvido pelo Banco Central. O primeiro lote será pago no dia 31 de maio.

A opção de restituição através de conta corrente que é informada na última etapa do preenchimento da declaração do IR, permanece válida. A declaração pode ser entregue entre os dias 7 de março e 29 de abril.

A maior vantagem de utilizar o PIX é que não seria preciso utilizar informações como agência e conta.

  • Imposto a pagar

Os contribuintes também podem usar o PIX para pagar o DARF (Documento de Arrecadação de Receitas Federais), documento usando por quem imposto a pagar.

Quem preferir utilizar o débito automático das cotas do IR, precisa enviar o IRPF até o dia 10 de abril. O vencimento da primeira cota será no dia 29 de abril.

IRPF 2022

A expectativa da Receita para este ano é a de receber 34,1 milhões de declarações do IR.  No ano passado, foram entregues 34,168 milhões de declarações.

Os contribuintes que entregarem a declaração fora do prazo determinado deverão pagar uma multa de 1% sobre imposto devido, com valor mínimo de R$ 165,74 e máximo de 20% do imposto devido.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.