IR 2022: Receita Federal divulga data para liberação do programa para declaração

Nesta quinta-feira (24), a Receita Federal informou que o programa para declaração do IR 2022 será liberado no dia 7 de março. Os contribuintes não isentos devem entregar a declaração do Imposto de Renda 2022 de 7 de março a 29 de abril.

IR 2022: Receita Federal divulga data para liberação do programa para declaração
IR 2022: Receita Federal divulga data para liberação do programa para declaração (Imagem: Montagem/FDR)

Segundo a Receita Federal, a declaração do Imposto de Renda poderá ser elaborada das seguintes formas:

  • Computador, por meio do Programa Gerador do Imposto de Renda Pessoa Física 2022. O programa estará disponível no site da Receita Federal.
  • Dispositivos móveis, como smartphones e tablets, por meio do serviço “Meu Imposto de Renda, via aplicativo “Meu Imposto de Renda. O programa está disponível nas lojas de aplicativos do sistema Android e iOS.
  • Computador, mediante acesso ao serviço “Meu Imposto de Renda”, disponível no Centro Virtual de Atendimento (e-CAC). Este recurso está disponível no portal e-CAC.

Declaração pré-preenchida do IR 2022

Neste ano, uma das novidades é a disponibilização da declaração pré-preenchida para todas as plataformas. Anteriormente, o recurso era limitado a quem possuía certificado digital. O serviço será liberado a partir de 15 de março para quem tem conta nos níveis ouro e prata no sistema gov.br.

Por meio desta ferramenta, os contribuintes poderão recuperar os dados da declaração do ano anterior.

Para as pessoas que perderem o prazo de declaração, a multa de atraso das declarações será de 1% a 20% sobre o imposto devido — tendo o valor mínimo de R$ 165,74.

Obrigatoriedade de declaração do IR 2022

Entre os contribuintes que devem apresentar a declaração anual referente ao exercício de 2022, ano-calendário 2021, estão os que:

  1. Receberam rendimentos tributáveis, sujeitos ao ajuste na declaração, cuja soma foi acima de R$ 28.559,70 e, em relação à atividade rural, obteve receita bruta em valor acima de R$ 142.798,50;
  2. Receberam rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi acima de R$ 40.000,00;
  3. Também estão obrigadas a apresentar a declaração as pessoas físicas residentes no Brasil que, no ano-calendário de 2021, entre outros:
  • Obtiveram, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou fez operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas;
  • Tiveram, em 31 de dezembro, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300.000,00.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.