Vestibular USP: Novo reitor divulga mudança na seleção de candidatos

Após constatação de fraude em 2021, o vestibular USP deve passar por mudanças no próximo ano. Novo reitor, que assumiu o cargo em janeiro desse ano, anunciou a novidade e comentou sobre os casos.

Vestibular USP: Novo reitor divulga mudança na seleção de candidatos
Vestibular USP: Novo reitor divulga mudança na seleção de candidatos (Imagem: FDR)

O processo seletivo para ingresso na Universidade de São Paulo deve passar por mudanças no próximo ano, anunciou nessa terça-feira, 22, o reitor Carlos Gilberto Carlotti Junior.

A ideia é implantar uma banca de heteroidentificação racial para evitar fraudes.

Mudança no vestibular da USP

A ideia de criação de uma banca de heteroidentificação racial veio após a comprovação de fraudes no sistema de cotas da instituição.

Inclusive, em 2020 aconteceu o primeiro caso de expulsão de um estudante na história da USP.

Além de não poder concluir o curso de relações internacionais o estudante também ficou impedido de se matricular em qualquer outra formação pelo período de 5 anos.

Em julho de 2021 mais seis fraudadores foram expulsos pela instituição.

Atualmente a Universidade de São Paulo utiliza apenas a autor declaração, que, segundo o reitor, não é mais sufi ente para comprovar a condição de participação no sistema de cotas raciais.

“A USP usa como sistema de identificação a autodeclaração, mas vimos que isso não é suficiente e nos deparamos com algumas atitudes incorretas [fraude]. Durante esse ano vamos discutir isso [bancas de identificação]”, comentou Carlotti Junior.

A implantação da banca de heteroidentificação racial deve ser válida a partir do vestibular 2023, já que esse deve ser um ano de discussão do assunto.

O atual sistema, a Autodeclaração, foi adotado pela USP no ano de 2017.

“Estamos formando os primeiros cotistas desse programa, os que ingressaram em 2018”, acrescentou ele.

O caso mais recente de comprovação de fraudes em universidades no Brasil aconteceu na Universidade Federal do Cariri (UFCA), em Juazeiro do Norte.

Onde a justiça determinou no início desse mês o cancelamento de três matriculas do curso de medicina; além do pagamento de multam que podem chegar a R$ 300 mil.

Para saber mais sobre vagas de emprego, vestibulares e cursos, acompanhe a editoria de Carreiras do FDR.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR. Jamille utiliza sua experiência na área da educação para cobrir notícias sobre cursos, vestibulares, empregos e concursos.