O jogo que não aconteceu: Seleções do Brasil e Argentina são multadas pela Fifa

O jogo das Eliminatórias entre Brasil e Argentina interrompido por agentes da Anvisa ganha novo capítulo. As duas seleções foram multadas pela Fifa.

Na última segunda-feira, o Comitê Disciplinar da Fifa anunciou a remarcação do confronto entre Brasil e Argentina pelas Eliminatórias Sul-Americanas. O jogo que havia sido impedido de ser realizado em setembro de 2021 ainda não possui data ou local definido.

Intervenção da Anvisa

No último dia 5 de setembro, as seleções do Brasil e da Argentina chegaram a iniciar o confronto. O jogo que acontecia na Neo Química Arena, em São Paulo, durou apenas alguns minutos até ser interrompido por agentes da Anvisa.

Sob a acusação de que cinco jogadores argentinos não haviam realizado a quarentena obrigatória para quem chegava ao Brasil vindo do Reino Unido, mais o agravante de serem encontradas mentiras nos documentos apresentados à Anvisa ao entrar no país, o jogo foi suspenso.

Decisões tomadas pelo Comitê Disciplinar da Fifa

Além de divulgar no último dia 14 que o jogo será remarcado, o órgão da Fifa decidiu que a CBF e a AFA serão  multadas, e os jogadores argentinos que descumpriram a quarentena obrigatória estão suspensos “a suspensão da partida foi causada por uma série de falhas nas respectivas responsabilidades e/ou obrigações das partes envolvidas relacionadas ao jogo em questão”, disse o Comitê. 

A CBF foi multada em 500 mil francos suíços, o equivalente a R$ 2,8 milhões, a multa é referente às “infrações relacionadas à ordem e segurança”, já que o jogo tinha mando da seleção brasileira. A AFA foi multada em 200 mil francos suíços, o equivalente a R$ 1,1 milhão e a multa é referente ao “descumprimento de suas obrigações” na preparação e participação na partida, já que os argentinos descumpriram a quarentena obrigatória.

Houve ainda uma multa adicional para as duas federações de 50 mil francos suíços cada, que é equivalente a cerca de  R$ 280 mil, pela suspensão da partida. 

Os jogadores suspensos e que desfalcam a seleção da Argentina são o ponta Emiliano Buendía, o goleiro Emiliano Martínez, o meio-campista Giovani Lo Celso e o zagueiro Cristian Romero.

 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Hannah Aragão
Hannah Aragão é graduanda em jornalismo pela Universidade Federal de Pernambuco, a UFPE. Atuou em diversas áreas da comunicação, passando por assessoria, endo marketing, comunicação estratégica e jornalismo impresso. Atualmente, se dedica ao jornalismo online na produção de matérias para o portal FDR.