Famoso time brasileiro possui dívida milionária e vê existência ameaçada

Na sexta-feira (4), a Chapecoense veio a público para comunicar que o pedido de recuperação judicial, realizado junto à 1.ª Vara Cível da Comarca de Chapecó, foi deferido. O Clube possui uma dívida que ultrapassa a marca de R$ 100 milhões. E recorrer judicialmente foi a única alternativa encontrada para reestabelecer a ordem dentro do time.

Na coletiva, Luiz Peruzzolo, vice-presidente administrativo e financeiro, explicou a situação delicada do clube. “A Chapecoense padece de uma grave doença, temos uma doença muito grave, estamos vegetando. Infelizmente, para toda doença grave, o remédio é amargo. E, muitas vezes, precisamos ousar com tratamentos especiais”, declarou.

Essa situação do clube foi exposta no Campeonato Brasileiro de 2021. Com baixa combatividade, a equipe fez apenas 15 pontos nas 38 rodadas da competição, apenas uma vitória em todos os jogos.

Rebaixado para a Série B, o Clube tem esperanças de conseguir organizar a casa e voltar a crescer no futebol brasileiro.

“Temos um longo caminho a percorrer. Começou agora, mas tem toda uma estruturação e um planejamento. Tivemos apoio do conselho deliberativo”, disse Alex Passos, vice-presidente de marketing da equipe. 

O juiz Ederson Tortelli, responsável pelo trâmite, aceitou o pedido de recuperação da Chapecoense e determinou as seguintes medidas, válidas por 180 dias:

  1. Suspensão do curso da prescrição das obrigações do devedor sujeitas ao regime da Lei n. 11.101/2005;
  2.  Suspensão das execuções ajuizadas contra o devedor, inclusive daquelas dos credores particulares do sócio solidário, relativas a créditos ou obrigações sujeitos à recuperação judicial;
  3. Proibição de qualquer forma de retenção, arresto, penhora, sequestro, busca e apreensão e constrição judicial ou extrajudicial sobre os bens do devedor, oriunda de demandas judiciais ou extrajudiciais cujos créditos ou obrigações sujeitem-se à recuperação judicial ou à falência.

Chapecoense

A Associação Chapecoense de Futebol foi fundada em 10 de maio de 1973, com o objetivo de restaurar o futebol na cidade de Chapecó. Sua origem está ligada ao fato de que, na década de 1970, a região possuía apenas alguns times amadores, sendo inexpressiva em relação ao futebol profissional. 

Com o propósito de reverter esta situação, alguns desportistas, jovens apaixonados pelo esporte, decidiram se reunir para criar um time de futebol profissional para a cidade. De maneira geral, pode-se dizer que a Chapecoense, posteriormente um dos mais bem-sucedidos do futebol catarinense, surgiu da união dos clubes Atlético Chapecoense e Independente.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.