Novidade: ETF permite investir em empresas como Apple e Microsoft

Nesta quinta-feira (10), na B3, estreou um ETF (fundo de índice com cotas negociadas na Bolsa brasileira), com foco em companhias americanas de grande porte. O Trend ETF US Large Caps (USAL11) é gerido pela XP Allocation Asset Management, gestora com especialidade na gestão e alocação de fundos.

Novidade: ETF permite investir em empresas como Apple e Microsoft
Novidade: ETF permite investir em empresas como Apple e Microsoft (Imagem: Montagem/FDR)

O novo ETF replicará o CRSP US Large Cap Index, indicador que abrange aproximadamente 85% do valor de mercado de ações nos Estados Unidos. Desse modo, há concentração em empresas com maior valor.

Atualmente, o índice de referência desse investimento inclui cerca de 350 empresas. Como exemplo, estão a Apple (AAPL34), Microsoft (MSFT34), Tesla (TSLA34) e Amazon (AMZO34).

O ETF foi listado ao valor de R$ 10, e é destinado ao público geral. De acordo com a XP, o USAL11 possui taxa de administração de 0,16% ao ano. O produto não tem cobrança por performance, e nem proteção contra variações do dólar frente ao real.

O novo investimento replicará o índice de large caps via exposição ao fundo alvo Vanguard Large-Cap ETF (VV). Este é um ETF off-shore que tem patrimônio acima de US$ 27 bilhões.

XP espera obter 100 mil cotistas neste ano com novo ETF

Conforme apurado pelo InfoMoney, o gestor da XP Asset, Danilo de Souza Gabriel, destaca a expectativa de conquistar 100 mil cotistas até o final deste ano. Em dois anos, ainda há o objetivo de chegar a 150 mil cotistas.

Por conta do panorama doméstico mais agitado na área política e fiscal, o especialista acredita que os investidores devem procurar uma diversificação internacional maior.

Em cerimônia de lançamento do ETF, o head de alocação e fundos da XP Investimentos, Rodrigo Sgaviolli, destacou que um dos diferenciais dos fundos de índice é a facilitação do acesso do grande público ao mercado de capitais.

Com isso, o investidor comum tem a possibilidade de alocar recursos em mercados, países, empresas ou setores que dificilmente conseguiria com quantias reduzidas. Sgaviolli alega que essa aplicação atende ao investidor pequeno.

Em geral, o ETF é um produto que tem seu desempenho referenciado a um índice — acompanhando a performance de várias companhias por meio de um único produto. Essa aplicação é negociada de forma parecida ao investimento em ações.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.