Auxílio Brasil: seu benefício foi cancelado? Saiba como recuperá-lo rapidamente

Pontos-chave
  • Auxílio Brasil tem calendário retomado;
  • Pente fino deve excluir beneficiários com dados desatualizados;
  • Contestação não pode ser feita por meio do projeto.

Governo Federal inicia um novo calendário de pagamento pelo Auxílio Brasil. Nesta sexta-feira (11), a Caixa Econômica Federal irá retomar os depósitos do projeto social. Apesar as regras de concessão permanecerem as mesmas, há uma fiscalização mensal que pode resultar no cancelamento de cadastros já inscritos. Abaixo, saiba como recuperar seu abono.

Auxílio Brasil: seu benefício foi cancelado? Saiba como recuperá-lo rapidamente (Imagem: FDR)
Auxílio Brasil: seu benefício foi cancelado? Saiba como recuperá-lo rapidamente (Imagem: FDR)

O calendário do Auxílio Brasil deve ser retomado, mas a população precisa revisar os dados de seus cadastros. Para muitos beneficiários, há a probabilidade de o abono ter sido cancelado mediante a desatualização dos documentos ou outras questões apontadas no pente fino do Ministério da Cidadania.

O que pode fazer meu Auxílio Brasil ser cancelado?

De modo geral, a suspensão acontece quando são violadas as regras de concessão do projeto. Prioritariamente o beneficiário precisa cumprir todos os requisitos abaixo:

  • Ter renda familiar per capita de até R$ 89; ou
  • Ter renda familiar per capita de até R$ 178 (no caso de famílias que tenham em sua composição gestantes, nutrizes, crianças e/ou adolescentes até 17 anos);
  • Estar inscrito no CadÚnico;
  • Estar com dados atualizados no CadÚnico há, pelo menos, dois anos;
  • Crianças e adolescentes com idade escolar (entre 6 e 15 anos) devem ter, no mínimo, 85% de presença nas aulas;
  • Os jovens entre 16 e 17 anos, a frequência mínima exigida é de 75%;
  • Crianças menores de 7 anos precisam estar com as vacinas em dia e devem comparecer ao posto de saúde para realizar o monitoramento e o acompanhamento do crescimento;
  • Gestantes devem comparecer às consultas de pré-natal e participar de atividades educativas ofertadas pelo Ministério da Saúde sobre aleitamento materno e alimentação saudável;
  • Acompanhamento de saúde das mulheres que possuem 14 a 44 anos de idade.

Uma vez aprovado, é preciso ainda manter todos os dados do CadÚnico atualizados. Em casos de mudança de endereço, por exemplo, quando o governo não é notificado há indícios de violação do regimento, o que implica na suspensão.

Ou seja, todos os dados, até mesmo telefone celular, devem ser os mesmos registrados na plataforma social.

Tive o abono suspenso, como recuperar?

Para quem já caiu na malha fina e perdeu a mensalidade, não há como contestar a decisão da União. A única alternativa é atualizar os informes no Cadastro Único e esperar por uma nova triagem do Ministério da Cidadania que o selecione novamente.

Como consultar minha inscrição no Auxílio Brasil?

É possível acompanhar seu cadastrado através do aplicativo do projeto. A ferramenta é gratuita e está disponível para celulares IOS e Android. Para se conectar, basta informar o número do CPF e demais dados de identificação pessoal.

Nela você tem acesso aos valores, extratos de pagamento e mais.

Calendário do Auxílio Brasil – fevereiro de 2022

  • NIS com final 1 — Recebe dia 11 de fevereiro
  • NIS com final 2 — Recebe dia 12 de fevereiro
  • NIS com final 3 — Recebe dia 17 de fevereiro
  • NIS com final 4 — Recebe dia 18 de fevereiro
  • NIS com final 5 — Recebe dia 19 de fevereiro
  • NIS com final 6 — Recebe dia 22 de fevereiro
  • NIS com final 7 — Recebe dia 23 de fevereiro
  • NIS com final 8 — Recebe dia 24 de fevereiro
  • NIS com final 9 — Recebe dia 25 de fevereiro
  • NIS com final 0 — Recebe dia 26 de fevereiro

Lista dos documentos solicitados no Cadastro Único

  • Título de Eleitor;
  • Certidão de Casamento;
  • Certidão de Nascimento;
  • Carteira de Identidade (RG);
  • Certidão Administrativa de Nascimento do Indígena (RANI) para famílias indígenas e quilombolas;
  • Carteira de Trabalho;
  • CPF;
  • Comprovante de residência recente (conta de água ou luz dos últimos três meses).

Quem pode se registrar no CadÚnico?

  • Famílias com renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa (R$ 550);
  • Famílias com renda mensal total de até três salários mínimos (R$ 3.300);
  • Famílias com renda maior que três salários mínimos, desde que o cadastramento esteja vinculado à inclusão em programas sociais nas três esferas do governo;
  • Pessoas que moram sozinhas – constituem as chamadas famílias unipessoais;
  • Pessoas que vivem em situação de rua — sozinhas ou com a família.

Para mais informações sobre o Auxílio Brasil acompanhe nossa página exclusiva do projeto.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.