Produção de alimentos está ameaçada no Brasil e no mundo; descubra motivo

A produção de alimentos está ameaçada no Brasil devido às mudanças climáticas, que têm apresentado resultados negativos. Os principais impactos são notados na produção de soja sul-americana, entre vários outros cultivos. Mas não para por aí, pois é importante reforçar que a alta da inflação tem um papel significativo neste cenário.

Inclusive, a inflação não afeta exclusivamente a produção de alimentos no Brasil, como também em todo o planeta, gerando um incremento à fome que já assola milhões de pessoas em situação de vulnerabilidade.

Tudo indica que o agronegócio brasileiro precisará recorrer às florestas e se empenhar na transformação do uso da terra caso queira manter um patamar competitivo junto a altas significativas.

Neste sentido, haverá um debate na próxima semana com a participação de governadores de todo o mundo no intuito de constatar que o provedor de todos os problemas relacionados à produção de alimentos realmente são as mudanças climáticas.

O informe é uma iniciativa dos cientistas do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC, na sigla em inglês), cujo papel é servir como uma bússola para o debate sobre o futuro do planeta Terra.

A previsão é para que as reuniões se iniciem no dia 14 de fevereiro, data a partir da qual haverá uma série de negociações e levantamentos sobre os impasses que assolam a produção de alimentos, até que a versão final da avaliação seja publicada.

No Prêmio Nobel da Paz em 2007, o IPCC produziu um rascunho com as conclusões mais recentes às quais conseguiu chegar e as compartilhou com os governadores. Infelizmente, tratam-se de documentos com informações sigilosas que, inclusive, proíbem as autoridades de divulgar qualquer dado.

No entanto, um rascunho foi obtido pelo portal UOL que conseguiu analisar o teor superficial do documento. Nele, é possível observar que os problemas climáticos são evidenciados em suma no que compete aos efeitos na produção de alimentos por todo o mundo.

Mas é importante mencionar que se trata apenas de um rascunho, logo, precisa ser submetido a novas análises e eventuais mudanças após meses de apurações e estudos recorrendo a toda ciência disponível.

Uma certeza em meio aos debates iniciais é que a produção de soja sul-americana será amplamente afetada, bem como toda a produção agrícola na respectiva região. O informe ainda responsabiliza o presidente da República, Jair Bolsonaro, sobre o desmonte da política ambiental diante da implantação de altas taxas de desmatamento.

Desta forma, chegou-se à conclusão de que as mudanças climáticas afetará a produção de alimentos entre outros fatores diante do encolhimento da área de cultivo. “Nos últimos 30 anos, as mudanças climáticas reduziram o rendimento das principais culturas em 4-10% globalmente, especialmente em latitudes médias e baixas”, disse o informe do IPCC.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.