Magalu, Via, Braskem e mais ações com os piores desempenhos em janeiro

Pontos-chave
  • A Locaweb teve o pior desempenho em janeiro;
  • As empresas de tecnologia têm sido impactadas pelas incertezas futuras;
  • A fraca recuperação econômica prejudicou o cenário das varejistas.

Em janeiro, o Ibovespa fechou com aumento de 6,98%. Este foi o melhor resultado desde 2020. Apesar disso, ainda houve ações que negativaram. Descubra quais foram as ações com os piores desempenhos em janeiro. O levantamento foi realizado pela Economatica, a pedido do Money Times.

No último pregão de janeiro, dia 31, o Ibovespa — principal índice da B3 — encerrou com valorização de 0,21%, aos 112.143 pontos. No acumulado de janeiro, o índice teve o maior ganho desde dezembro de 2020, quando registrou elevação de 9,30%.

Além disso, este foi o melhor resultado para um mês de janeiro desde 2019, quando teve saldo positivo de 10,82%. Nos meses de janeiro de 2020 e 2021, respectivamente, foi observada uma desvalorização de 1,63% e 3,62%.

Por um lado, em janeiro deste ano, houve papel com valorização acima de 30%. No entanto, houve ação com queda acima de 26% — a Locaweb, empresa de hospedagem e serviços na nuvem.

Por exemplo, ao considerar as 10 ações com maiores desvalorizações em janeiro, em média, houve uma queda de 15,62%.

O Ibovespa teve o melhor desempenho desde dezembro de 2020
O Ibovespa teve o melhor desempenho desde dezembro de 2020 (Imagem: Montagem/FDR)

As ações com os piores desempenhos em janeiro

  1. Locaweb (LWSA3): retorno mensal de -26,29%
  2. Alpargatas (ALPA4): retorno mensal de -21,10%
  3. Irbbrasil Re (IRBR3): retorno mensal de -18,66%
  4. Embraer (EMBR3): retorno mensal de -18,17%
  5. Braskem (BRKM5): retorno mensal de -14,68%
  6. Positivo Tec (POSI3): retorno mensal de -14,13%
  7. Rumo S.A. (RAIL3): retorno mensal de -12,05%
  8. Grupo Natura (NTCO3): retorno mensal de -10,74%
  9. Meliuz (CASH3): retorno mensal de -10,19%
  10. Via (VIIA3): retorno mensal de -10,10%
  11. Minerva (BEEF3): retorno mensal de -10,00%
  12. Banco Inter (BIDI11): retorno mensal de -9,07%
  13. Sul America (SULA11): retorno mensal de -7,60%
  14. JBS (JBSS3): retorno mensal de -7,54%
  15. Sabesp (SBSP3): retorno mensal de -7,02%
  16. Eneva (ENEV3): retorno mensal de -6,64%
  17. RaiaDrogasil (RADL3): retorno mensal de -4,69%
  18. Assai (ASAI3): retorno mensal de -3,32%
  19. Magazine Luiza (MGLU3): retorno mensal de -3,05%
  20. Klabin S/A (KLBN11): retorno mensal de -3,04%
  21. Ambev S/A (ABEV3): retorno mensal de -2,92%
  22. Weg (WEGE3): retorno mensal de -2,49%
  23. Rede D Or (RDOR3): retorno mensal de 1,14%
  24. BRF AS (BRFS3): retorno mensal de -0,84%
  25. Suzano S.A. (SUZB3): retorno mensal de -0,34%
  26. Dexco (DXCO3): retorno mensal de -0,07%

Perspectivas sobre algumas das ações com os piores desempenhos em janeiro

Por ser uma empresa do setor de tecnologia, a Locaweb teve o pior desempenho no mês. Isso acontece porque companhias deste segmento dependem de crescimento — para que as cotações se justifiquem.

Ao Valor, a sócia e analista da Nord Research, Danielle Lopes, afirma que “estamos em um período de transição”. Nesta fase, as ‘empresas de crescimento’, que operam com múltiplos mais altos, tendem a ter um desempenho pior.

Por outro lado, as ‘companhias de valor’, de múltiplos mais baixos, tendem a performar melhor.

O motivo disso, segundo a analista, é que quem adquire companha de múltiplos altos está apostando que, futuramente, a empesa terá resultado positivo — que justifique o múltiplo alto.

Os múltiplos se referem à relação entre medidas de valor de mercado e indicadores — como resultado operacional, lucro ou receita das companhias. Cabe ressaltar que diversas empresas tecnológicas ainda nem possuem lucro.

Quando os juros estão maiores, Lopes explica que o valor atual das ações é menor, pois as análises passam a incorporam um panorama mais incerto e desafiador no futuro.

Sobre o Banco Inter, o economista-chefe do banco Modalmais, Alvaro Bandeira, afirma, ao Valor, que existe um movimento dos investidores. Estes têm optado por companhias mais sólidas e maduras — em detrimento das que prometem entrega.

Ao Valor, o analista da Guide Investimentos, Rodrigo Crespi, alega que — sobre a movimentação de gestores de recursos —, em momentos como esse, de migração para a renda fixa, é comum que gestores precisem se desfazer de papéis para pagar os resgates.

O analista argumenta que os resgates afetam bastante o valor das ações, especialmente, as de menor valor de mercado. Neste sentido, o setor de tecnologia é impactado pelos juros. Como estas companhias são menores, passam a ser negociadas.

Mesmo após o desempenho positivo em 2021, a Embraer e Braskem tiveram performance negativa no início deste ano. A razão, em parte, é por conta da realização de lucros após a grande alta acumulada.

No mês, também houve varejistas com resultados negativos. As empresas deste segmento estão sendo afetadas pela fraca retomada da economia. Outro fator negativo é o desemprego, que ainda segue persistente.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.