Como consultar e receber “dinheiro esquecido” no site do Banco Central?

O Banco Central disponibilizou uma ferramenta para que os consumidores possam consultar saldos esquecidos em contas bancárias ou que foram devolvidos pelas instituições financeiras. Desde o seu lançamento, a procura foi tanta que o site do BC saiu do ar e a instituição resolveu suspender a consulta.

Estima-se que R$ 8 bilhões possam ser liberados para os consumidores através desse recurso, embora, na primeira etapa, apenas R$ 3,9 bilhões estejam disponíveis. Para saber se você tem valores a receber, basta seguir o passo a passo (depois que o serviço for retomado pelo Banco Central) que preparamos para você.

Como consultar valores a receber no Banco Central

  • Primeiro, você deve acessar o site do Banco Central, clicar em “Minha vida financeira” e, em seguida, em “Valores a Receber”. Na página seguinte, você deve clicar em “Consulta ao Relatório Valores a Receber”.
  • Informe o seu CPF ou CNPJ, transcreva o código que aparecer e clique em “Consultar”. Em seguida, o sistema mostrará os valores que você tem a receber ou se não há valor nenhum.

Como receber o dinheiro?

  • Se você tiver valores a receber, o próximo passo é acessar o portal Registrato.
  • Se já estiver cadastrado no Registrato, basta informar usuário e senha.
  • Se não estiver, terá que fazer um cadastro através do Banco Central ou do Gov.br. Pelo Gov.br apenas quem tiver status prata ou ouro conseguirá acessar o Registrato (esses status têm a ver com o nível de segurança da conta).
  • Uma vez dentro do Registrato, basta informar os seus dados bancários e como deseja que a transferência seja feita.

Importante destacar que apenas os bancos conveniados ao Banco Central podem liberar os recursos “esquecidos” através dessa ferramenta. Contas em instituições que já tenham ido à falência ou não existam mais não serão contempladas.

É possível receber o dinheiro por PIX ou transferências do tipo DOC e TED. No caso do PIX, é preciso que o banco do usuário tenha feito acordo para transferir por esse meio, o que deve ocorrer dentro de um prazo de 12 dias. Nesse caso, aparecerá a opção “Solicitar por aqui” assim que o usuário entrar no Registrato.

Mesmo que o banco tenha feito acordo para transferir por PIX, os usuários podem solicitar o pagamento por DOC ou TED. Esse será o método usado pelos bancos que não fizeram o acordo e para os consumidores que já não têm mais a conta com os valores a receber.

 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Amaury Nogueira
Amaury da Silva Nogueira é bacharelando em Letras/Edição pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Apaixonado pelo universo da escrita, atua há dois anos como redator e realiza pesquisas sobre história da edição no Brasil. Além disso, atualmente pesquisa também sobre direitos e benefícios sociais para agregar conhecimento na redação do portal de notícias FDR.