Primeiro restaurante NFT do mundo é lançado em NY; saiba como funciona

As NFTs chegaram até o ramo alimentício. Nova York vai receber o primeiro restaurante de NFT do mundo no próximo ano. Saiba aqui como ele funciona.

O restaurante se chama Flyfish Club, é uma criação do VCR Group, dirigido pelo famoso empresário americano Gary Vaynerchuk. Ele funcionará como um local exclusivo para membros, onde os clientes devem comprar um cartão de membro exclusivo NFT para obter entrada. 

Segundo o The National News,  há um número limitado de tokens disponíveis: são 2.650 para membros regulares e 385 para membros de nível superior. Porém, é provável que alguns cheguem a um mercado secundário, onde serão revendidos por um preço maior.

Uma associação regular, no valor de 2,5 Ethereum, ou mais de US$ 8.000, concede acesso ao salão de coquetéis, ao restaurante de frutos do mar e aos eventos do clube privado. 

Já a associação de nível superior custa 4,25 Ethereum, ou mais de US$ 13.000,  libera o acesso a uma sala com 14 lugares para experiências gastronômicas particulares.

As taxas de adesão não cobrem os custos das compras no restaurante. Sendo assim, será preciso pagar também por alimentos e bebidas com dinheiro assim que conseguirem entrar no restaurante.

O que são NFTs?

O NFT é a sigla para o termo non fungible token, ou “token não fungível”. Estes,são tokens, ou seja, códigos numéricos com registro de transferência digital que garantem autenticidade aos seus donos. 

Assim, eles funcionam como itens colecionáveis, que não podem ser reproduzidos, mas sim transferidos. Diferente das criptomoedas, como o Bitcoin, e vários tokens utilitários, os NFTs não são mutuamente intercambiáveis. 

Os NFTs podem realmente ser qualquer coisa digital, mas muito do “hype” gira em torno da arte digital. Esses podem representar virtualmente qualquer tipo de item, seja ele real ou intangível, incluindo:

– Trabalhos artísticos;

– Itens virtuais dentro de videogames, como skins, moedas digitais, armas e avatares;

– Música;

– Colecionáveis, como cards digitais;

– Ativos do mundo real tokenizados, desde imóveis e carros a cavalos de corrida e tênis de marcas famosas;

– Terrenos virtuais;

– Vídeos de momentos icônicos do esporte.

Essa digitalização de arte conquistou diversos adeptos e o mercado de NFT explodiu com mais de US$400 milhões movimentados apenas nos primeiros meses de 2021. 

O que pode ser uma NFT?

Os quadros físicos e digitais, músicas, itens de jogos, memes, fotos de momentos do esporte, domínios de sites, vídeos e até posts em redes sociais podem virar tokens não fungíveis. E como vimos, agora os restaurantes entraram nessa também.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.