Vale a pena antecipar o FGTS para pagar IPVA e IPTU à vista?

A chegada de um novo ano implica em uma série de obrigações financeiras que podem se acumular na falta de um controle financeiro. É o caso do pagamento do IPVA e do IPTU, matrículas escolares, materiais didáticos e tantos outros. Uma alternativa capaz de auxiliar nessas despesas é o uso do FGTS.

Vale a pena antecipar o FGTS para pagar IPVA e IPTU à vista?
Vale a pena antecipar o FGTS para pagar IPVA e IPTU à vista? (Imagem: FDR)

Na situação dos trabalhadores assalariados, o pagamento do 13º salário em dezembro foi uma ajuda financeira bem-vinda para auxiliar nestas despesas. Mas nem todos tiveram a mesma visão de aproveitamento deste benefício. Mas não é o fim do mundo, pois ainda existe uma outra alternativa para este cenário. 

Trata-se da antecipação do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), na circunstância dos trabalhadores optantes pelo saque-aniversário. A novidade é que agora, o benefício que possuía certas limitações de saque pode ser antecipado em até sete anos, mesmo por aqueles que já tenham aderido ao mesmo sistema em instituições financeiras distintas. 

A ação consiste em uma espécie de empréstimo, sem que o trabalhador precise recorrer ao cheque especial a juros abusivos nem comprometa o orçamento dos primeiros meses do ano.

A vantagem é que o procedimento pode ser feito sem ser submetido a consultas no SPC ou Serasa. Feito o pedido, a quantia é liberada rapidamente através de depósito em conta bancária. 

Mas para que a antecipação do FGTS realmente possa acontecer, é preciso que o trabalhador seja optante pelo modelo do saque-aniversário. Do contrário, ele deverá fazer a troca seguindo estes passos:

  • Faça o download do aplicativo do FGTS no celular;
  • Faça o login na plataforma;
  • Ative a modalidade de “saque-aniversário”; 
  • Clique na opção que autoriza os bancos a consultarem o FGTS.

Por fim, é importante explicar que a antecipação do saque aniversário do FGTS em até sete anos consiste em uma iniciativa privada por parte da HE Promotora. A empresa ficará responsável por todos os trâmites relacionados à simulação imediata do empréstimo, podendo repassar as condições ao cliente de imediato. 

Se o trabalhador estiver de acordo com os termos, basta enviar os dados referentes à documentação pessoal, como o NIS, RG, CPF ou carteira de trabalho pelo WhatsApp da HE Promotora. Em seguida, o cliente receberá um link o qual deve acessar para confirmar os dados pessoais, valores e encaminhar uma selfie. 

Na maior parte dos casos, o valor é creditado para os clientes no mesmo dia. O requisito básico que a HE Promotora estabelece para que o trabalhador consiga antecipar o saque-aniversário do FGTS em até sete anos é que ele possua um saldo de, pelo menos, R$ 1 mil junto ao fundo de garantia, além de ter o nome limpo na praça.

Ao final do procedimento e com o dinheiro em mãos, basta que o trabalhador utilize o dinheiro com sabedoria, neste exemplo, priorizando o pagamento do IPVA e IPTU em boas condições. Mas é importante ter a consciência de que se trata de um procedimento realizado por iniciativa privada, portanto, com regras específicas a serem seguidas.

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.