FGTS: mais de 1,3 milhões de pessoas podem fazer o saque em janeiro

A partir desta segunda-feira (3), os trabalhadores nascidos em janeiro poderão fazer a retirada anual do saque aniversário do FGTS. Esses poderão fazer a retirada de parte do saldo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço.

publicidade
FGTS: mais de 1,3 milhões de pessoas podem fazer o saque em janeiro
FGTS: mais de 1,3 milhões de pessoas podem fazer o saque em janeiro (Imagem: FDR)

Os trabalhadores que optaram pela modalidade de saque aniversário do FGTS começaram a ter direito a retirada da quantia, a partir desta segunda-feira (3). O calendário de pagamento ocorre de forma escalonada, conforme o mês de nascimento dos profissionais.

Sendo assim, nessa segunda (3), poderá fazer a retirada da quantia do saque aniversário do FGTS os trabalhadores que optaram pela modalidade e aniversariam no mês de janeiro. O saque acontece uma vez ao ano e fica disponível por três meses.

publicidade

Dessa maneira, o trabalhador pode sacar o valor do saque aniversário do FGTS no mês de seu nascimento e nos dois meses consecutivos. Sendo assim, os nascidos em janeiro têm até o dia 31 de março.

Porém, em caso de demissão sem justa causa, esse não terá direito ao saldo integral do fundo. Em todos os casos, é mantido o direito à multa de 40%, paga pelo empregador. Os nascidos em janeiro podem aderir à modalidade saque aniversário do FGTS até o dia 31 de janeiro.

A adesão ao saque aniversário pode ser feita no aplicativo FGTS, no site Caixa Benefícios, nos caixas eletrônicos do banco ou nas agências da Caixa. Após essa data, o saque às contas ativas (do emprego atual) ou inativas (de trabalhos anteriores) só será disponibilizado em 2023.

Segundo a Caixa Econômica Federal, banco responsável pelo pagamento do saque aniversário do Fundo de Garantia, a previsão é que mais de 1,3 milhão de trabalhadores terão direito ao saque no mês de janeiro de 2022.

Com isso, o valor sacado deve ser de R$ 1,9 bilhão. Esse valor também inclui aqueles que contrataram a antecipação do saque em uma instituição financeira. Os valores que não são retirados volta automaticamente para a conta do FGTS, com suas devidas correções.

Segundo a Caixa, desde sua criação, mais de 17,8 milhões de trabalhadores aderiram à modalidade do FGTS. Para voltar à regra tradicional no primeiro dia do 25º dia do pedido de reversão.

publicidade

O valor liberado pela Caixa depende do saldo no Fundo de Garantia mais um aparcela adicional, também proporcional ao valor na conta. Sendo assim, a alíquota varia de 5% a 50% e a parcela adicional de R$ 50 a R$ 2.900.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves é formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atuou na área acadêmica durante 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, onde já acumula anos de pesquisa e experiência. Além de realizar consultoria de redação on-line.