Banco Safra seleciona as 10 melhores ações para janeiro; confira

Para o primeiro mês de 2022, a corretora do Banco Safra elaborou uma lista com ações indicadas. Em comparação à listagem anterior, houve a exclusão das ações do Fleury (FLRY3) para a entrada das ações da Rede D’Or (RDOR3). Conheça as 10 melhores ações para janeiro, conforme recomendação do Safra.

publicidade
Banco Safra seleciona as 10 melhores ações para janeiro; confira
Banco Safra seleciona as 10 melhores ações para janeiro; confira (Imagem: Montagem/FDR)

10 melhores ações para janeiro da Safra

Na carteira deste mês, o Safra também aumentou a participação da Vale (VALE3). O aumento foi de 10% para 14%. Neste mês, estes foram os 10 papéis recomendados para janeiro:

  • Bradesco (BBDC4): peso atual de 14%
  • Vale (VALE3): peso atual de 14%
  • Petrobras (PETR4): peso atual de 11%
  • Sulamérica (SULA11): peso atual de 10%
  • Multiplan (MULT3): peso atual de 10%
  • CCR (CCRO3): peso atual de 10%
  • Banco do Brasil (BBAS3): peso atual de 9%
  • Tim (TIMS3): peso atual de 8%
  • CPFL (CPFE3): peso atual de 8%
  • Rede D’Or (RDOR3): peso atual de 6%
publicidade

Apontamentos da Safra sobre algumas das empresas na lista

O Safra afirma que o Bradesco segue apresentando resultados positivos na operação bancária. A operação de seguros, muito afetada pela pandemia, deve se recuperar mais fortemente ao longo do ano.

Sobre a Vale, a corretora afirma que ela deve seguir gerando um fluxo de caixa sólido e manter patamares atrativos de remuneração aos acionistas.

Além disso, o prêmio de qualidade para o minério tende a seguir próximo do nível atual, diante da busca por maior eficiência e altos padrões ambientais das siderúrgicas.

O Safra acredita que a ação da Petrobras deve se favorecer da continuidade do processo de diminuição do endividamento e a consequente implantação da nova política de dividendos. Também foi ressaltado o foco nos ativos com maiores retornos e dos níveis atuais do valor do petróleo.

A corretora alega gostar da dinâmica de resultados da Sulamérica — que teve um índice de sinistralidade mais próximo da normalidade ajustado pelo impacto da covid-19.

Segundo a corretora, “Adição orgânica de novos membros mostra uma tendência sólida, enquanto a companhia deve se beneficiar do aumento da Selic”.

publicidade

Com relação ao Banco do Brasil, o Safra ainda observa a ação sendo negociada a patamares bastante atrativos — abaixo de seus níveis históricos e abaixo de seu valor patrimonial.

Os resultados do BB devem ser positivos diante “de bons volumes de crescimento de carteira de crédito e inadimplência ainda em bons patamares”.

Sobre a Tim, o Safra acredita que a consolidação móvel é o maior catalisador para as ações no curto prazo. Além disso, a corretora vê a Tim sendo negociada a níveis bastante atrativos. Ainda foi destacado que a empresa tem se dedicado a diversos novos projetos.

publicidade

O Safra indica que a CPFL é uma companhia de energia integrada, com negócios em distribuição, geração, transmissão, comercialização de energia elétrica e serviços. A corretora alega que a CPFL é uma boa pagadora de dividendos.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Sobre a Rede D’Or, a corretora observa a queda — próxima de 11% no último mês como exagerada. Isso porque “as estimativas para os seus resultados em 2022 são totalmente alcançáveis”.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.