3 resoluções para ter mais saúde financeira em 2022

O ano de 2022 está começando com força total, por isso, vale a pena aproveitar a oportunidade deste novo ciclo que se inicia para colocar em práticas novas resoluções que podem melhorar muito a saúde da sua vida financeira.

publicidade

Leia este artigo até o final para conhecer 3 resoluções que você pode começar a colocar em prática hoje mesmo.

Tenha clareza dos resultados que você quer alcançar

O que você espera conquistar de diferente na sua vida financeira em 2022 que você ainda não conseguiu alcançar nos anos anteriores? Não me refiro a grandes realizações, como, exemplo, ficar rico e outros objetivos impossíveis de serem alcançados no curto prazo. Mas me refiro a pequenas vitórias que podem aumentar o seu nível de satisfação com a sua vida financeira.

Segundo o Princípio de Pareto, 80% dos nossos resultados derivam de apenas 20% das nossas ações. Ou seja, se você começar a ter clareza das suas metas e puder definir pequenas ações com as quais você pode, de fato, se comprometer, você certamente começará a conquistar mais tranquilidade e paz com o dinheiro.

publicidade

Se você vive tomando susto com a fatura do cartão de crédito, que tal colocar uma meta para você parar de levar esse tipo de susto? Já pensou em criar um critério para uso do cartão de crédito?

Talvez deixar o cartão apenas para gastos mais pontuais e de valor mais expressivo, como, por exemplo, eletrônicos ou móveis, cuja compra ao ser parcelada, fica mais facilitada. E deixar para pagar no débito ou em espécie os gastos mais corriqueiros, como compras de mercado, lanches, combustível, etc. Desta forma, você verá o saldo da conta reduzindo e vai parar de levar sustos.

Se você está sempre enrolado com dinheiro, entrando no cheque especial e desorganizado, que tal colocar a organização financeira como uma meta? Ter consciência das suas prioridades de gastos, saber para onde o seu dinheiro está indo, conseguir fazer o dinheiro sobrar.

Você tem ideia de como essa organização pode reduzir o seu nível de ansiedade e stress, melhorando a sua qualidade de vida e até mesmo o seu rendimento no trabalho?

Como disse Lewis Carroll, autor de Alice no País das Maravilhas: “Se você não sabe para onde quer ir, então, qualquer caminho serve”. Talvez, você tenha levado a sua vida financeira desta forma até hoje, sem saber para onde você queria ir e trilhando qualquer caminho, que não necessariamente te conduziram a resultados satisfatórios.

A minha sugestão é que você comece a definir com clareza para onde você quer conduzir as suas finanças neste ano de 2022 para começar a conquistar os resultados que você realmente quer.

publicidade

Tenha um orçamento

A palavra orçamento pode assustar muita gente, mas garanto que não precisa ser nada complicado. Em resumo, o objetivo de um bom orçamento é dar clareza para a tomada de decisões financeiras. No orçamento, você precisa relacionar tudo que você ganha, tudo que você gasta e ver quanto está sobrando ou faltando.

Existem diversas formas e métodos de fazer o seu orçamento pessoal mas, o ideal é que ele seja adequado à sua realidade e aos seus objetivos. Um método muito popular é o 50/30/20, que funciona da seguinte forma:

50% – Gastos Essenciais (moradia, saúde, educação, transporte, etc)

publicidade

30% – Gastos Não Essenciais (vestuário, lazer, presentes, confraternizações, viagens, etc)

20% – Reservas / Gastos Futuros (reserva de emergência, investimentos, aposentadoria, etc)

Na prática, o primeiro passo para montar um orçamento é estimar a renda mensal. Para saber a melhor forma de distribuir o seu dinheiro, antes você precisa saber quanto de dinheiro disponível você tem.

publicidade

Se você recebe um salário fixo, fica muito mais fácil, a sua renda é igual ao seu salário. Porém, se você for um trabalhador autônomo ou um pequeno empreendedor, você precisará estimar um valor de renda média, considerando os valores recebidos nos últimos 6 ou 12 meses.

Depois, separe seus extratos bancários, faturas do cartão de crédito, extratos de empréstimos ou financiamentos  para descobrir quanto você costuma gastar, em média, com cada categoria de gastos, tanto para os essenciais como para os não essenciais.

Por fim, você deverá conferir se os seus gastos são maiores ou menores que os seus ganhos, ou seja, se há falta ou sobra de dinheiro.

publicidade

Se houver falta de dinheiro, é preciso pensar em estratégias para reduzir os gastos e também, para aumentar sua renda, seja trocando de emprego ou gerando renda extra.

Se houver sobra de dinheiro, então é preciso pensar em como investir e multiplicar seu patrimônio da melhor forma, com vistas à realização dos seus sonhos.

Comece uma reserva de emergência

A reserva de emergência é uma proteção para que você tenha mais tranquilidade para lidar com os possíveis imprevistos que venham lhe acontecer. Sendo assim, caso a pessoa sofra um acidente, seja demitida ou tenha um custo elevado de maneira inesperada, como por exemplo, o conserto de um vazamento na residência ou de uma avaria no veículo, ela poderá arcar com as despesas sem se endividar.

publicidade

Começar a criar a sua reserva de emergência é um grande passo para conquistar uma vida financeira equilibrada e para manter a saúde mental em dia.

Dinheiro não sobra sozinho, então você precisa começar a reservar o dinheiro para as emergências assim que o dinheiro cair na conta. Considere esse valor da reserva de emergência como um boleto que você precisa pagar todo mês. Você pode começar com pouco, não tem problema, desde que comece.

O ideal é que assalariados tenham reservado pelo menos o suficiente para suprir as despesas essenciais por 6 meses, pois este seria o tempo médio para a pessoa se recolocar no mercado de trabalho caso seja demitida.

publicidade

Logo, se o valor das despesas essenciais de é R$2.000,00, a reserva deveria ser de pelo menos R$12.000,00. Você pode definir o valor a ser reservado mensalmente conforme as suas condições e a sua realidade e o tempo para completar o valor total da reserva dependerá do quanto você conseguirá poupar por mês.

Já profissionais autônomos e empreendedores, que possuem menos estabilidade, precisam de uma proteção um pouco maior. Assim, o ideal é que o valor total da reserva seja relativa a pelo menos 12 vezes o valor das despesas essenciais.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Se você colocar em prática essas 3 resoluções, certamente você terminará 2022 muito mais satisfeito e tranquilo financeiramente. Tenho certeza você poderá usar o seu dinheiro para aproveitar a sua vida e não só para pagar boletos.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Karem Ochsendorf
Formada em Engenharia Elétrica com ênfase em Telecomunicações, e graduanda em Filosofia. Atualmente, pesquisa e trabalha como Educadora Financeira com mais de 10 anos de experiência no mercado. No FDR, possui sua própria coluna com dicas e orientações sobre como lidar com as finanças de maneira positiva.