Três passos para fazer seu dinheiro sobrar no fim do mês

Você tem dificuldade de juntar dinheiro, chega no final do mês e percebe que o dinheiro foi embora e não sabe nem pra onde foi?. Então, essas três dicas serão importantes pra você. 

Segundo pesquisa recente realizada pela Febraban – Federação Brasileira de Bancos – 69% dos entrevistados não conseguem fazer o dinheiro sobrar, ou gastam mais do que ganham, ou ‘empatam’.

Ainda, de acordo com o Índice de Saúde Financeira do Brasileiro, 58,4% dos brasileiros sofrem com estresse por causa das finanças.

É claro que, se você ganha pouco, isso deixará o seu orçamento apertado, mas a verdade é que a falta de dinheiro tem muito mais a ver com a forma como nós nos relacionamos com o dinheiro, do que com a quantia que de fato ganhamos. 

Dinheiro não sobra sozinho, é você quem tem que fazê-lo sobrar. Por isso, é fundamental descobrir quais hábitos estão atrapalhando sua vida financeira e aprender novas estratégias para chegar ao fim do mês sem sufoco.

Comprar tudo parcelado, ter vários cartões de crédito e o descontrole nas compras são alguns dos hábitos nocivos à saúde financeira

O cartão de crédito é apenas um pedaço de plástico, mas ter um limite alto acaba gerando a ilusão de ter muito dinheiro disponível para gastar, mesmo que o salário seja compatível apenas com metade do valor. 

A pessoa vai gastando, utilizando vários cartões e, quando vê, a bola de neve já está gigante, sendo necessário muitas vezes cancelar seus cartões e ainda arcar com os juros das várias parcelas. 

Mas se você quer começar a fazer o seu dinheiro sobrar, confira 3 passos para que isso seja possível todos os meses. 

Reservar o dinheiro logo no início do mês 

Defina um valor para você começar a reservar por mês e considere esse montante como se fosse uma conta que você precisa pagar. Você pode começar com pouquinho.

A ideia no início é começar a criar o hábito de reservar o dinheiro. Mas você precisa fazer isso assim que você receber seu pagamento. Mesmo que você ache que não será possível ou que você esteja endividado, comece a criar o hábito de fazer sua renda sobrar. 

Defina metas de gastos, de receita e de investimentos

Pense antes em como você quer usar sua grana. Pense em como você vai fazer suas atividades de lazer e em formas de manter a diversão sem sacrificar suas metas financeiras. 

Como você pode se divertir sem gastar ou gastando pouco? Será que ao invés de gastar todos os finais de semana, você pode escolher um passeio mais especial em uma data específica e nos outros finais de semana, escolher opções mais baratas?.

É importante também pensar em formas para aumentar a sua renda, seja através da sua fonte de renda principal ou até mesmo fazendo renda extra. E defina metas para esse aumento.

É importante que você tenha clareza de um valor que você possa perseguir, mesmo que nos primeiros meses você não alcance a meta. O importante no início é começar a percorrer um novo caminho. 

Pegue parte dessa renda extra e reserve. Você já não ia ter esse dinheiro. Ele é extra. Pode usar uma parte para pagar outros compromissos. Mas a outra parte você deve reservar.

Não deixe de lado a meta para os investimentos. Afinal, ninguém merece viver só para pagar boletos. Quais são os seus sonhos? Quanto você precisaria separar para realizar os seus sonhos? Reflita sobre isso, faça planos e você ganhará mais determinação para ir reservando cada vez mais. 

Defina suas metas

Se você está acostumado a gastar muito com coisas supérfluas ou por impulso, esse é o momento de substituir esses hábitos por novos. Com clareza dos seus sonhos e conforme você for conseguindo reservar um pouco de dinheiro a cada mês, você perceberá que essa não é uma transformação difícil. Tudo é uma questão de escolha.

Pequenas mudanças como começar a pesquisar descontos e alternativas mais baratas, assim, economizar mais. Você também pode passar a optar por fazer um trajeto a pé ou utilizar o transporte público ao invés de se deslocar de táxi ou de transporte por aplicativo. Ou até mesmo, passar a cozinhar mais, em vez de comer fora. 

É possível sim se transformar em uma pessoa com total domínio das finanças e conseguir chegar ao final do mês com dinheiro sobrando. É fundamental se comprometer com a sua reserva assim que você receber e também evitar gastar mais do que você ganha.

Fique atento ao uso exagerado de cartão de crédito, com a possibilidade de ter vários cartões e com a falta de controle dos valores que já foram parcelados nos meses anteriores. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Karem Ochsendorf
Formada em Engenharia Elétrica com ênfase em Telecomunicações, e graduanda em Filosofia. Atualmente, pesquisa e trabalha como Educadora Financeira com mais de 10 anos de experiência no mercado. No FDR, possui sua própria coluna com dicas e orientações sobre como lidar com as finanças de maneira positiva.