Metaverso não está com nada? Fundador da Tesla aposta em outra tecnologia; conheça

O Metaverso não está com nada? A pessoa mais rica do mundo, o bilionário Elon Musk critica o Metaverso de Mark Zuckerberg. Para o empresário fundador da Tesla e SpaceX, a tecnologia Neuralink será superior.

publicidade

Durante recente entrevista ao programa de sátira conservador The Babilon Bee, Musk declarou que não entrará no Metaverso de Zuckerberg. Segundo o empresário, utilizar um óculos VR o tempo inteiro não parece muito confortável.

Outra crítica de Elon Musk foi para o conceito de Web 3.0 que consiste em descentralizar a internet, tornando-a mais democrática, ao qual o empresário disse se tratar de “mais marketing do que realidade” não servindo para democratizar a internet.

Metaverso de Zuckerberg

Zuckerberg anunciou recentemente que irá transformar o Facebook em uma empresa Metaverso, a Meta, o nome da empresa já foi mudado. A ideia é investir na tecnologia para que seja possível criar uma realidade paralela para ser acessada através de dispositivos como óculos de realidade virtual e luvas. 

publicidade

O Metaverso será um espaço da plataforma para interação social. O universo virtual será como uma internet 3D em que a comunicação, lazer e negócios ocorrerão de maneira imersiva.

Para Musk, a proposta de Mark Zuckerberg não é sofisticada, chamando ainda de desconfortável, “É desconfortável ter essa coisa (óculos VR) amarrada na cabeça o tempo todo. Acho que estamos longe de desaparecer no Metaverso. A longo prazo, um Neuralink sofisticado poderia colocá-lo totalmente, totalmente em uma realidade virtual”, disse o CEO da Tesla.

Neuralink

A empresa Neuralink é especializada em interfaces cérebro-computador (ICs) implantáveis e tem Musk como um de seus fundadores. De acordo com Elon, a empresa pode no futuro desenvolver um chip para ser implantado no cérebro para que a realidade virtual seja acessada de maneira mais confortável que com óculos VR.

Recentemente, um investidor publicou no Twitter que a Neuralink deve testar Chips cerebrais em humanos ainda em 2022. O tweet que marcava Musk recebeu resposta do empresário que disse “Eu, definitivamente, não estou dizendo que nós poderemos com certeza fazer isso, mas eu estou cada vez mais confiante de que será possível”. 

Após a resposta de Elon, não houve comunicado oficial da empresa.

 

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Hannah Aragão
Hannah Aragão é graduanda em jornalismo pela Universidade Federal de Pernambuco, a UFPE. Atuou em diversas áreas da comunicação, passando por assessoria, endo marketing, comunicação estratégica e jornalismo impresso. Atualmente, se dedica ao jornalismo online na produção de matérias para o portal FDR.