Dicas para investir e conquistar a sua aposentadoria privada a partir de 2022

Pontos-chave
  • Existem quatro categorias da previdência privada para investir;
  • Outro tipo de atenção que o cidadão deve ter antes de começar o seu investimento é a cobrança de Imposto de Renda (IR);
  • A partir de R$ 100 é possível iniciar sua carteira de investimento para aposentadoria.

O que você tem planejado para 2022? Talvez, o seu investimento de curto prazo não deva ser a prioridade agora. Mas, pensar na sua aposentadoria, mesmo que de forma privada, é a melhor solução para um futuro mais consistente e sem preocupações.

publicidade

O próprio governo federal tem pensado em oferecer títulos públicos tendo justamente esse objetivo. As expectativas são de colocar esse lançamento em prática a partir de 2022.

De acordo com uma matéria publicada pelo jornal O Globo, os gestores financeiros têm uma recomendação bem clara para quem deseja investir na sua aposentadoria. A de que comecem já! Quer dizer, comecem logo a aplicar seu dinheiro com esse objetivo.

Mesmo que você seja um contribuinte do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), pelas vias tradicionais de um CLT, ou como autônomo, a aposentadoria privada pode lhe render uma grana extra. Ou ainda, antecipar sua despedida do trabalho.

publicidade

A recomendação é que sejam feitos depósitos mensais, seja em investimentos como ações, CDB, títulos públicos e privados. Ou, procurando um banco que lhe ofereça justamente a previdência privada.

A Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar (Abrapp) divulgou uma pesquisa mostrando que de 2016 a 2021, 7,8 milhões de pessoas receberam o benefício da previdência privada. 

Tipos de investimento que podem render em aposentadoria

De acordo com a Associação Brasileira de Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima) existem quatro categorias da previdência privada:

  • Renda fixa: títulos, debêntures, CDBs;
  • Balanceados: até 15% dos recursos em ações;
  • Multimercados: parte em moedas, ações e juros;
  • Ações: papéis de empresas negociados na Bolsa.

Mas é preciso ter atenção, porque boa parte desses títulos dependem de uma corretora para que seja iniciado o investimento. Logo, será cobrada uma taxa de até 6% ao ano, dependendo da empresa.

De olho no Imposto de Renda

Outro tipo de atenção que o cidadão deve ter antes de começar o seu investimento é a cobrança de Imposto de Renda (IR). A alíquota aplicada pode chegar a 27,5% para os maiores valores, a depender da tabela do IR. 

publicidade

Caso o contribuinte opte pelo modelo completo da declaração, e também contribua para o regime geral de previdência social, ele consegue abater em 12% o valor final cobrado no Imposto de Renda. 

Confira quais as taxas que serão cobradas

É de praxe que os bancos ou corretoras façam cobranças sobre o seu investimento. No caso da previdência complementar existem três tipos de cobranças: de carregamento, de gestão e de saída.

Os valores são cobrados em cima do valor da sua contribuição. Cerca de 5% em média na taxa de carregamento. Anualmente cobrada, a taxa de gestão chega a 0,5% no que foi acumulado de renda.

publicidade

E a taxa de saída chega a 0,38% para o que foi acumulado na sua reserva. E será cobrada quando o cidadão decidir resgatar o seu investimento.

O ideal é sempre pesquisar essas taxas nas corretoras do seu interesse. Comparar os valores oferecidos, já que algumas podem inclusive isentar o cliente desta cobrança.

Valor de contribuição mensal para aposentadoria privada

Você precisa ter em mente que o resgate do que foi investido não acontecerá em curto prazo. Mas, em média, daqui a 20 anos. Claro que vai depender do quanto você já conseguiu acumular na sua conta, se em 10 anos acreditar que o valor foi suficiente, nada lhe impede de fazer o resgate.

publicidade

No entanto, principalmente para os mais jovens, o ideal não é pensar que essa grana será resgatada a curto ou médio prazo. Porque ela deve justamente ser usada para garantir uma aposentadoria mais confortável financeiramente.

Em seguida, escolha qual plano você vai adquirir dentro da previdência privada. Se vai optar por aquele oferecido pelo seu banco, ou se vai expandir para investimento em ações e títulos públicos, por exemplo.

Segundo Daniel Bellangero, head da área na Easynvest ao Invest News, a partir de R$ 100 é possível iniciar sua carteira de investimento para aposentadoria. E nada impede que gradativamente, conforme sobe sua renda, as aplicações subam também.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Lila Cunha
Lila Cunha é formada em jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Atua como repórter especial para o portal FDR. É responsável por selecionar as informações abordadas e garantir o padrão de qualidade das notícias veiculadas. Além disso, trabalha com apuração de hard news desde 2019, cobrindo o universo econômico em escala nacional.