Goiânia lança simulador para moradores calcular valor do IPTU 2022

A Prefeitura de Goiânia disponibilizou um simulado para que os moradores da cidade façam cálculos relacionados ao Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) de 2022. A ferramenta possibilitará que os cidadãos veja quais são os aumentos significativos no tributo em comparação ao ano passado. 

Goiânia lança simulador para moradores calcular valor do IPTU 2022
Goiânia lança simulador para moradores calcular valor do IPTU 2022. (Imagem: FDR)

O simulado do IPTU foi implementado após uma cobrança feita pelo Ministério Público. De acordo com o órgão, o novo modelo de cálculo do imposto impedia que o contribuinte tivesse uma noção sobre o valor devido para o próximo ano. Em outras palavras, não tinha como o cidadão se preparar financeiramente.

A princípio, os proprietários de imóveis eram contemplados por um desconto na margem de 10% caso decidissem pagar o valor total do IPTU à vista e sem a vinculação de uma obrigação acessória.

Esta era a única certeza acerca dos dividendos. Mas com a nova iniciativa, a intenção do município é para que a ferramenta seja simples, de fácil acesso e que fique hospedada no site da prefeitura em um ícone de destaque. 

Para acessar o simulador do IPTU, basta fornecer o número da inscrição cadastral do imóvel para então, obter todas as informações relacionadas aos valores e datas de pagamento do IPTU.

O número de inscrição pode ser obtido por meio do próprio talão do IPTU de anos anteriores. Estima-se a existência de, aproximadamente, 800 mil unidades espalhadas por toda a capital do Estado de Goiás. 

Vale ressaltar que, se por alguma razão o morador do imóvel não concordar com o valor do tributo, ele deve aguardar o prazo de 15 dias após a data de vencimento para dar entrada em um recurso administrativo.

Na circunstância de algum erro, o valor poderá ser compensado no próximo ano, ou até mesmo, haver a restituição. 

É importante mencionar que esta alteração está devidamente prevista em um Projeto de Lei (PL) que promove uma atualização no Código Tributário Municipal, aprovado na Câmara de vereadores e devidamente sancionado pelo prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, em outubro. 

Entre os principais pontos do texto é possível observar a mudança no cálculo do IPTU, extinguindo as zonas fiscais e tornando as alíquotas progressivas através de faixas baseadas no valor final do imóvel.

A previsão é para que cerca de 50% dos imóveis residenciais e 25% dos não residenciais sejam contemplados por descontos ou isenção do IPTU de 2022. 

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.