Quais são os 60 mil imóveis do RJ que terão direito a isenção do IPTU?

População do Rio de Janeiro pode se isentar de quitar alguns tributos. O fim do ano chegou e com isso os cidadãos passam a organizar os boletos referentes aos impostos. Em 2022, esperasse que 60 mil imóveis fiquem livres da quitação do IPTU, segundo informes do governo estadual. Entenda os detalhes abaixo.

Quais são os 60 mil imóveis do RJ que terão direito a isenção do IPTU (Imagem: FDR)
Quais são os 60 mil imóveis do RJ que terão direito a isenção do IPTU (Imagem: FDR)

Anualmente o cidadão precisa prestar conta do IPTU. O imposto é destinado há aqueles que são titulares de algum imóvel ou tiveram no contrato de locação a taxação repassada.

É por meio do tributo que o governo estadual arrecada fundos para a manutenção de sua contabilidade, porém no próximo ano muitos ficarão isentos.

Quem não precisa pagar o IPTU RJ em 2022?

Na última semana, o governo do estado informou que cerca de 60 mil imóveis comerciais e residenciais ficarão isentos do pagamento do IPTU. Eles estão localizados entre as zonas Norte e Oeste e em 2018 tiveram aumento no imposto devido ao acréscimo de área construída.

Para esse grupo, o pagamento poderá ser dispensado ou então haverá uma redução média de 30% no valor total, o que significa um abatimento médio de R$ 821. De acordo com o secretário municipal de Fazenda e Planejamento, Pedro Paulo, a decisão será válida a partir de janeiro.

Essa redução é para aqueles que tiveram aumento da área edificada em mais de 100% do imóvel original, e esses casos ocorreram especificamente nas zonas Norte e Oeste. Muitas vezes, esses acréscimos no tamanho ocorreram há décadas, então, estamos adequando esses acréscimos para a idade original da primeira construção — detalhou.

O gestor explicou que de modo geral os beneficiários serão a população mais vulnerável. Com isso, esperasse uma correção social mediante o funcionamento do tributo. É válido relembrar em 2018 a região teve um encarecimento de 48% no IPTU.

Estamos buscando dar mais desconto para os que foram mais prejudicados e que têm dificuldade de pagar o seu IPTU. Esse número de imóveis contemplados pode parecer pequeno quando se olha a cidade inteira, mas para a população das zonas Oeste e Norte, é bem significativo — resumiu Pedro Paulo.

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.