Novas condições para contratar empréstimo consignado do INSS começam em breve

O governo alterou regras para contratar empréstimo consignado de benefícios do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). As novas condições devem começar a valer em breve.

Novas condições para contratar empréstimo consignado do INSS começam em breve
Novas condições para contratar empréstimo consignado do INSS começam em breve (IMAGEM: FDR)

As alterações foram feitas em decorrência do impacto econômico da pandemia da Covid-19 no setor. O aumento temporário que houve da margem de empréstimo consignado para 40% do benefício acabará no dia 31 de dezembro deste ano.

Novas condições

A partir de 2022, a margem retornará aos 35% do valor do benefício. A flexibilização fez com que o número de contratos de consignados aumentasse consideravelmente.

Em comparação entre 2019 (ano pré pandemia) e 2021 (ano com forte impacto da pandemia) existe a diferença de mais de 5 milhões de solicitações, tendo o ano ainda um mês pela frente.

  • 2019: 32.486.547
  • 2021: 37.877.912 (até o início de novembro)

Os segurado do INSS podem ainda até o mês de dezembro realizarem até 9 empréstimos pessoais consignados ativos em diferentes instituições, não ultrapassando o limite de 40% do valor do benefício.

Outra mudança é a suspensão de parcelas do crédito consignado do INSS. Em 2022, a suspensão não será obrigatória, ou seja, o aposentado terá que ficar atento aos casos em que os bancos oferecem o prazo adicional, para entender se existe influência nas taxas de serviços e juros.

Empréstimo consignado

O empréstimo consignado tem como vantagem para quem solicita, a taxa de juros inferior às oferecidas no mercado. A taxa máxima do juros é de 1,80% ao mês, além disso a dívida pode ser parcelada em 84 meses.

A cobrança das parcelas não são feitas por meio de desconto em conta corrente, ou mesmo através de boletos bancários. Os descontos são realizados diretamente do benefício do INSS  ou do salário do segurado em caso de ser funcionário público ou privado.

Para contratar o empréstimo consignado, o segurado precisa realizar a apresentação de alguns documentos necessários, sendo eles:

  • RG;
  • CPF;
  • Comprovante de residência atualizado;
  • Comprovante de renda recente.

Para bloquear a contratação do empréstimo, o beneficiário deve ir ao site Meu INSS e consultar a opção “Empréstimo: bloqueio/ desbloqueio” e seguir os comandos dados na plataforma.

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Hannah Aragão
Hannah Aragão é graduanda em jornalismo pela Universidade Federal de Pernambuco, a UFPE. Atuou em diversas áreas da comunicação, passando por assessoria, endo marketing, comunicação estratégica e jornalismo impresso. Atualmente, se dedica ao jornalismo online na produção de matérias para o portal FDR.