Publicado! Calendário de pagamentos do INSS para 2022 está disponível

Os segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) já podem começar a organizar as finanças, pois a autarquia já divulgou o calendário de pagamentos para 2022. O cronograma pré-definido tem a responsabilidade de atender mais de 36 milhões de brasileiros espalhados por todo o Brasil. 

Publicado! Calendário de pagamentos do INSS para 2022 está disponível
Publicado! Calendário de pagamentos do INSS para 2022 está disponível. (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)

Agora, aposentados, pensionistas e demais segurados que recebem benefícios assistenciais do INSS já podem conferir com precisão quando terão os valores depositados em conta. Destacando que esta é uma atitude usual da Previdência Social, publicar o calendário anual completo sempre ao final de cada ano. 

O hábito do instituto é uma vantagem para os segurados, pois desta forma eles têm a oportunidade de se prepararem para saber como aplicar o valor do benefício da melhor forma, seja arcando com as despesas de contribuições como o IPTU, IPVA, gastos escolares com os filhos, residenciais ou pessoais. As possibilidades são infinitas. 

É importante mencionar que os cidadãos inscritos no Benefício de Prestação Continuada (BPC), pago a idosos com 65 anos ou mais e portadores de deficiência, também foram incluídos neste calendário. O cronograma pode parecer confuso para os novos segurados da autarquia, por isso é importante esclarecer que os pagamentos do INSS são divididos em dois grupos.

O primeiro é composto por quem recebe até um salário mínimo, o qual ainda não foi definido para 2022. Já o segundo grupo é formado por aqueles que recebem acima do piso previdenciário, os quais são os primeiros a terem os depósitos liberados.

Para verificar as datas de pagamentos nos calendários, é preciso saber qual é o Número do Benefício (NB), composto por dez dígitos. Porém, o penúltimo número é o que deve ser considerado para conferir as datas de pagamentos.

Vale mencionar que o primeiro pagamento que o INSS fará em 2022 será liberado entre o período de 25 de janeiro a 7 de fevereiro para quem ganha o piso. Enquanto aqueles que possuem uma renda acima do salário mínimo recebem entre os dias 1º a 7 de fevereiro. 

A data de pagamento do INSS em 2022 pode variar de acordo com o número final do benefício, sem considerar o dígito que vem depois do traço se tratando de novos beneficiários. Mas para os antigos segurados, vale a data na qual já tinham o costume de receber.

Lembrando que o INSS não efetua pagamentos aos finais de semana, bem como em feriados federais, estaduais e municipais. Neste caso, o depósito ocorre no próximo dia útil.

Além do mais, o calendário de pagamentos do INSS será interrompido durante o Carnaval de 2022. Ainda que as festividades possam não acontecer em determinadas regiões, é importante ter em mente que a data é um feriado nacional. Neste período, os depósitos acontecerão entre os dias 21 a 25 de fevereiro, retornando posteriormente apenas no dia 3 de março.

De acordo com o INSS, os beneficiários têm o prazo de 60 dias para efetuarem o saque do valor depositado. Se ao final deste período o valor permanecer na conta, ele será devolvido para a autarquia. Veja o calendário completo a seguir!

Publicado! Calendário de pagamentos do INSS para 2022 está disponível
Publicado! Calendário de pagamentos do INSS para 2022 está disponível. (Imagem: Divulgação INSS)

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.