Rock in Rio anuncia novas atrações; quanto você precisa economizar para ir ao festival?

Rock in Rio 2022 anunciou na tarde de ontem (30), três novas atrações. O público passa a se organizar financeiramente para curtir os shows. Depois de meses em isolamento social, a indústria de eventos volta a demonstrar sinais de recuperação.

Um dos maiores festivais de música do país já tem data marcada para acontecer. Quem deseja ir, pode conferir abaixo a média das despesas.

O Rock in Rio é o maior festival de música do país. Realizado na capital carioca, ele acontecerá nos dias 2, 3, 4, 8, 9, 10 e 11 de setembro de 2022. Seus ingressos já estão à venda com um custo diário de aproximadamente R$ 500.

Porém, quem mora fora da cidade do Rio de Janeiro vai precisar desembolsar um valor ainda maior com translado, hospedagem e alimentação.

Até o momento já foram anunciadas as seguintes atrações:

  • Guns N’ Roses;
  • Maneskin;
  • Djavan;
  • Coldplay;
  • Camila Cabello;
  • Bastille;
  • Justin Bieber;
  • Post Malone;
  • Iron Maiden;
  • Dua Lipa.

Média de preço dos ingressos do Rock in Rio

Para 2022, a previsão é de que os fãs gastem aproximadamente R$ 500 por dia de evento. A entrada inteira será de R$ 545 e a meia, mediante a apresentação da carteirinha de estudante, ficará por R$ 272.

Esse custo se aplica ao Rock Rio Card, onde o cidadão adquire um ingresso sem saber as atrações para posteriormente escolher o dia que irá assistir aos shows.

Há ainda os ingressos diários que se manterão pelo mesmo valor acima. Porém, que desejar participar pelo Rock in Rio Club 10 anos terá um custo de R$ 649 para os fãs que acompanham o festival como associados. Esse grupo teve uma pré-venda exclusiva no dia 16 de setembro deste ano.

Quem for sócio, será possível economizar na cidade do rock, pois o ingresso dá acesso a um lounge exclusivo com ar-condicionado, lugar para descanso, banheiros, rooftop com vista para o palco New Dance Order, bares, telão e DJ.

Além de acesso à Cidade do Rock 30 minutos antes da abertura oficial dos portões, filas exclusivas na entrada e muito mais.

Demais despesas

O valor total do evento varia de acordo com a localização e tipo de estadia que você deseja adquirir. Para cada estado do país, as passagens áreas costumam variar de tarifa. No entanto, uma dica essencial é fazer o monitoramento do voo com antecedência. Quanto mais próximo do evento, mais caro será o bilhete.

A mesma dica se aplica a hospedagem. Uma plataforma que pode auxiliar o melhor custo benefício é o Airbnb. A possibilidade de dividir o espaço com os amigos tendem a baratear ainda mais a experiência. Quanto mais nobre os bairros no RJ, mais cara será a estadia.

Por fim, é válido comprar o translado ofertado pelo próprio evento para garantir a ida e volta de forma mais segura e com um preço acessível.

Dicas para juntar dinheiro para o Rock in Rio

  • Faça um planejamento para o evento;
  • Defina uma meta para juntar por mês;
  • Corte gastos extras durante o período;
  • Aplique o valor em algum investimento de Renda Fixa;
  • Acompanhe promoções de passagens e hospedagens;
  • Dica Bônus!

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.