Prefeitura de Bauru distribui cartão vale alimentação para famílias vulneráveis

População vulnerável tem acesso a alimentação gratuita. Nessa semana, a Prefeitura de Bauru (SP) iniciou a entrega do cartão alimentação destinado para as famílias mais pobres. O benefício faz parte das medidas de contenção dos impactos do novo coronavírus e terá uma validade de cinco meses.

Em tempos de forte crise econômica com a inflação em alta, milhares de brasileiros ficam sem ter como pôr comida em suas mesas. Atentos a essa demanda, a Prefeitura de Bauru criou o cartão alimentação que irá ajudar centenas de cidadãos a se alimentarem.

O projeto vem sendo gerenciado pela Secretaria do Bem Estar Social (Sebes), já em funcionamento.

Como receber o cartão cidadão?

Pelos informes da prefeitura, o benefício é destinado especificamente para as famílias que comprovarem a situação de vulnerabilidade social. É preciso que elas já estejam cadastradas na base de dados sociais do município para assim serem contempladas.

O cartão tem validade de cinco meses, com um valor mensal de R$ 100. Ele deve ser utilizado especificamente para a compra de produtos alimentícios em supermercados e estabelecimentos similares.

Segundo os dados da Sebes, cerca de 3.780 cartões deverão ser entregues nos próximos dias, com isso foi feito um investimento de R$ 1,8 milhão custeado a partir da verba de antecipação das sobras do duodécimo da Câmara Municipal.

A entrega dos cartões vem em um momento importante, de retomada econômica, mas muitas pessoas ainda não conseguiram uma recolocação no mercado de trabalho, e precisam desse apoio para garantir uma alimentação para a família, agradecemos a Câmara pela antecipação na devolução das sobras do duodécimo, permitindo o começo do programa ainda neste ano”, disse a prefeita Suéllen Rosim.

De acordo com a secretária da Sebes, Ana Sales, a ação ajudará a manter o controle das políticas públicas realizadas para os mais vulneráveis.

A Sebes a partir do ano que vem pretende trabalhar com cartões em todos os benefícios eventuais concedidos. No caso do cartão-alimentação, temos a vantagem de também fomentar a economia de Bauru, pois as pessoas vão comprar no comércio do nosso município, e poderão escolher o produto que pretendem levar para casa”, frisa.

Quem reside em Bauru já começou a receber o cartão na unidade da Sebes. Já os moradores do Distrito de Tibiriçá estão recebendo o cartão no CRAS do distrito.

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.