Livro Bege – As considerações do maior Banco Central do mundo sobre a economia

Nesta quarta-feira (1º), o Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos) divulgou o Livro Bege, com perspectivas para a economia norte-americana. O documento informa que a atividade econômica cresceu em um ritmo modesto a moderado na grande parte dos distritos.

A análise citada no Livro Bege considera o período de outubro a começo de novembro. O documento informa que diversos distritos observaram que, mesmo com a forte demanda, o crescimento foi restringido por conta de interrupções na cadeia de abastecimento e falta de mão de obra.

Segundo o relatório, os gastos do consumidor subiram modestamente. Os baixos estoques limitaram as vendas de alguns itens. A demanda por empréstimos subiu em quase todos os distritos — mesmo que alguns tenham indicado reduções nas hipotecas residenciais.

Emprego e salários

Nos distritos do Federal Reserve, o crescimento do emprego variou de modesto a forte. De acordo com contatos, houve forte demanda por mão de obra. Contudo, foi apontado dificuldade persistente em contratar e reter funcionários.

O documento relata que quase todos os distritos tiveram crescimento robusto dos salários. As dificuldades de contratação e as altas taxas de rotatividade fizeram com que as empresas elevassem os salários. Também foi citada a necessidade de disponibilizar outros incentivos por parte das companhias.

Preços

O relatório informa que os preços aumentaram em um ritmo moderado a robusto. Houve elevações generalizadas em todos os setores da economia.

Foi registrado amplas altas de custos de insumos. Isso aconteceu por conta da forte demanda por matérias-primas, desafios logísticos e aperto no mercado de trabalho. Apesar disso, a maior disponibilidade de alguns insumos causou a redução de algumas pressões sobre os preços.

O Livro Bege

O Livro Bege apresenta diversas informações qualitativas sobre a economia dos Estados Unidos. O documento é publicado oito vezes ao ano. A divulgação acontece antes das reuniões do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, o Copom norte-americano).

Investidores e agentes do mercado acompanham a divulgação do Livro Bege. Dessa forma, há a possibilidade de avaliar a situação econômica dos Estados Unidos —e projetar as decisões do Fed.

Como os Estados Unidos contam com a maior economia global, alterações locais da política monetária podem impactar os investimentos pelo mundo. Em caso de elevação das taxas de juros norte-americana, as aplicações nos ativos brasileiros podem passar por queda.

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.