Ceia de Natal vai custar R$ 328,17 neste ano; quais produtos dá para substituir?

De acordo com levantamento feito pela tabela Fipe, a ceia de Natal deve custar R$ 328,17 no ano de 2021, com muitos produtos subindo de preço.

publicidade

Com as festas de fim de ano chegando, as famílias já se preparam para organizarem a famosa ceia de Natal. Para o susto de muitos, os preços dos produtos natalinos já estão consideravelmente mais caros. É o que afirma a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, Fipe.

Em pesquisa realizada pela Fipe com 15 produtos da cesta de Natal e 11 outros itens natalinos, é possível perceber a variação do preço dos produtos. Confira abaixo a lista:

  • Lombo de porco com osso (bisteca) kg: -0,53%
  • Azeite de oliva extra virgem, vidro de 500 ml: 4,79% 
  • Queijo ralado, 100g: 9,04%
  • Macarrão espaguete, caixa de 500g: 1,97%
  • Molho de tomate, 340g, tradicional: 2,56%
  • Palmito inteiro tipo Pupunha, 300g: 7,58%
  • Azeitona verde com caroço, 500g: 21,91%
  • Vinho tinto, 750 ml: -4,29%
  • Suco néctar de laranja, 1 litro: -4,58%
  • Suco néctar de pêssego, 1 litro: 2,98%
  • Bombom, caixa de 251g: 12,83% 
  • Atum sólido, 170g: 4,59% 
  • Peru kg: 7,27% 
  • Champanhe, 660 ml: 4,75%
  • Panetone de frutas cristalizadas, 500g: 25,96% 
  • Pernil com osso kg: -9,76%
  • Filé mignon kg: 35,17%
  • Sorvete kg: 3,24%
  • Bacalhau kg: 12,34% 
  • Uva kg: 4,90%
  • Farofa kg: 13,45% 
  • Bolo pronto kg: 5,63% 
  • Picanha kg: 10,87%
  • Chester kg: 7,27% 
  • Morango caixa (feira): 25,35% 
  • Pêssego kg (feira): 3,83%
publicidade

Valores são correspondentes a outubro de 2021 em relação aos da 2 quadris semana de dezembro de 2020.

Como economizar na ceia de Natal

Com a alta da inflação, os itens de Natal estão mais caros. Por isso, é importante ter em mente algumas substituições na hora de montar a mesa.

Uma das opções é tentar integrar a sua mesa a opção suína, com a baixa do lombo e pernil, -0,53% e -9,76%. Inovar nas receitas também deve ser uma atividade vista com bons olhos, talvez as receitas tradicionais possam ser utilizadas em um momento de menor inflação. 

O peru e o chester são aves caras que podem ser substituídas pelo frango, o que se torna bem mais barato, investir no tempero e na apresentação fará toda a diferença.

O cação é um peixe que pode substituir o bacalhau, enquanto as sementes de abóbora e melão torradas podem substituir as castanhas para um Natal menos caro diante desse momento de crise.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Hannah Aragão
Hannah Aragão é graduanda em jornalismo pela Universidade Federal de Pernambuco, a UFPE. Atuou em diversas áreas da comunicação, passando por assessoria, endo marketing, comunicação estratégica e jornalismo impresso. Atualmente, se dedica ao jornalismo online na produção de matérias para o portal FDR.