Auxílio emergencial não acabou? Novo pagamento será liberado este mês

Pontos-chave
  • Auxílio emergencial tem novo pagamento aprovado;
  • Segurados devem ter registrado pedido de contestação;
  • Benefício se mantem com os mesmos valores.

Governo federal passa a realizar novos pagamentos do auxílio emergencial. Ao longo dos próximos dias, a Caixa Econômica estará fazendo os depósitos de quem teve a contestação aprovada. O benefício se mantém no valor de até R$ 375 e só será concedido mediante a aprovação do poder público.

Auxílio emergencial não acabou? Novo pagamento será liberado este mês (Imagem: FDR)
Auxílio emergencial não acabou? Novo pagamento será liberado este mês (Imagem: FDR)

O calendário oficial do auxílio emergencial foi encerrado, mas o governo federal ainda precisa prestar contas com parte da população que teve o benefício negado.

Durante setembro e outubro, quem entrou com um pedido de contestação pelo projeto passou a ter a devolutiva agora. O valor será pago de forma retroativa nas contas do Caixa tem.

Como funciona os novos repasses do auxílio emergencial

Para ter acesso é preciso que caído na malha fina do governo e realizado o pedido de contestação. Os abonos são referentes a última parcela do programa que foi concedida durante o mês de novembro.

Quem entrou no site oficial do programa e solicitou uma nova revisão, agora deve acessar a mesma plataforma para saber se seu pedido foi aceito. Nesse caso, é preciso informar o número do CPF, data de nascimento e nome completo.

Ao fazer a consulta, basta aguardar o processamento de dados que confirmará se seu nome está ou não na atual lista de pagamento. Os valores estão sendo depositados durante os próximos dias, para saber a data exata é só acessar o portal informado acima.

Recebi o auxílio emergencial, como fazer o saque?

Passo a passo para sacar no caixa eletrônico e na lotérica:

  • O saque é realizado sem cartão, então clique no botão “Entra” do teclado do caixa eletrônico.
  • Clique no botão “Saque Auxílio Emergencial”.
  • Digite o número do seu CPF e clique no botão “Confirmar”.
  • Digite o código de seis dígitos que foi gerado no aplicativo Caixa Tem e aperte o botão “Confirmar”.
  • Escolha um valor para saque e aperte o botão “Entra”.
  • Aguarde a liberação do dinheiro.

Como gerar o código para fazer saque?

  • Acesse a sua conta poupança digital no aplicativo;
  • Feito isso, toque na opção saque e informar o valor que deseja sacar;
  • Ao informar o valor, um código será gerado;
  • O beneficiário vai anotar este código e através dele realizar o saque em caixa eletrônico ou na lotérica.

Como efetuar o saque com código?

  • Vá até um terminal de autoatendimento da Caixa;
  • Toque no botão “Entra” do teclado;
  • Selecione a opção “Saque Auxílio Emergencial”;
  • Coloque o número do seu CPF e clique no botão “Confirmar”;
  • Digite o código de seis dígitos que foi gerado no aplicativo Caixa Tem e aperte o botão “Confirmar”;
  • Selecione um valor para saque e aperte o botão “Entra”.
  • Ao finalizar, o valor escolhido será entregue em seguida.

Detalhes sobre o auxílio emergencial

Ao todo, o programa beneficiou mais de 40 milhões de brasileiros. Sua primeira mensalidade foi paga em abril de 2020, quando iniciada a pandemia do novo coronavírus. Em outubro, haviam cerca de 35 milhões de beneficiários, incluindo 14 milhões de segurados do Bolsa Família.

Quem vai receber o retroativo agora faz parte desse grupo, mas apresentou algum erro que suspendeu o cadastro. O pente fino do governo vinha sendo realizado mensalmente objetivando reduzir fraudes e gastos em sua folha orçamentária.

Critérios que cancelam o auxílio emergencial

  • Cidadão contratado com carteira assinada enquanto recebe o benefício;
  • Cidadãos que recebem o seguro desemprego, benefícios previdenciários ou assistenciais do Governo Federal;
  • Morte do beneficiário;
  • Recebimento de pensão;
  • Prisão do beneficiário; e
  • Militares ou requerentes de classe média.
Auxílio emergencial não acabou? Novo pagamento será liberado este mês (Imagem: FDR)
Auxílio emergencial não acabou? Novo pagamento será liberado este mês (Imagem: FDR)

Valores do auxílio emergencial 2021

  • R$ 150,00 para os beneficiários que moram sozinhos;
  • R$ 250,00 para beneficiários membro de um grupo familiar;
  • R$ 375,00 para mulheres chefe de família monoparental.

Calendário da sétima e última parcela do auxílio emergencial

Sétima parcela do auxílio emergencial 2021: calendário de pagamento (depósito em conta) para público geral 

  • Nascidos em janeiro – 20 de outubro
  • Nascidos em fevereiro -21 de outubro
  • Nascidos em março – 22 de outubro
  • Nascidos em abril – 23 de outubro
  • Nascidos em maio – 23 de outubro
  • Nascidos em junho – 26 de outubro
  • Nascidos em julho – 27 de outubro
  • Nascidos em agosto – 28 de outubro
  • Nascidos em setembro – 29 de outubro
  • Nascidos em outubro – 30 de outubro
  • Nascidos em novembro – 30 de outubro
  • Nascidos em dezembro – 31 de outubro

Sétima parcela do auxílio emergencial 2021: calendário de saque para público geral

  • Nascidos em janeiro – 1º de novembro
  • Nascidos em fevereiro – 3 de novembro
  • Nascidos em março – 4 de novembro
  • Nascidos em abril – 5 de novembro
  • Nascidos em maio – 9 de novembro
  • Nascidos em junho – 10 de novembro
  • Nascidos em julho – 11 de novembro
  • Nascidos em agosto – 12 de novembro
  • Nascidos em setembro – 16 de novembro
  • Nascidos em outubro – 17 de novembro
  • Nascidos em novembro – 18 de novembro
  • Nascidos em dezembro – 19 de novembro

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.