PIS/PASEP 2022: Início em breve para trabalhadores formais e públicos

Pontos-chave
  • Os pagamento do PIS/Pasep sofreram mudanças e ao invés do calendário começar o pagamento no segundo semestre, ele vai começar no próximo ano;
  • Os valores serão pagos de acordo com os meses trabalhados;
  • No próximo ano, o valor deve sofrer aumento por conta do aumento no salário mínimo.

Os pagamentos do PIS/Pasep devem se iniciar em breve, em janeiro. Na verdade, a liberação dos recursos normalmente acontece no segundo semestre e se estendia até o fim do ano. Porém, os pagamento de 2021 não aconteceram, pois precisou de um novo destino de recursos.

PIS/PASEP 2022: Início em breve para trabalhadores formais e públicos
PIS/PASEP 2022: Início em breve para trabalhadores formais e públicos (Foto: FDR)

O que é o Pis/Pasep?

O PIS (Programa de Integração Social) é pago aos trabalhadores que atuam em empresas privadas, enquanto o PASEP (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) é destinado aos servidores públicos. 

Pagamento do abono salarial 

A decisão tomada pelo Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat), que é formado por representantes do governo, dos trabalhadores e dos patrões é que o abono de 2021, seja pago logo no início de 2022.

Segundo dados oficiais, essa mudança no calendário vai representar uma economia de R$ 7,45 bilhões em despesas neste ano.

Para o governo é uma boa ideia, já que enfrenta dificuldades para cumprir seu teto de gastos, que é a regra que limita a alta das despesas à variação da inflação do ano anterior.

Por onde é pago o abono salarial?

É importante destacar que, os trabalhadores que recebem o PIS o pagamento é realizado na Caixa Econômica, casas lotéricas ou correspondentes Caixa Aqui. Por sua vez, aqueles que possuem direito ao PASEP recebem no Banco do Brasil.

Quem pode receber o PIS/PASEP?

Para receber o abono é necessário ter exercido atividade remunerada durante, pelo menos, 30 dias, no ano anterior ao pagamento e ter recebido até dois salários mínimos mensais com carteira assinada.

Além disso, é preciso ainda estar inscrito no PIS-Pasep há pelo menos cinco anos e ter os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Valor do PIS/PASEP

O valor pago pode chegar até um salário mínimo, de acordo com a quantidade de meses trabalhados. Só recebe o valor máximo quem trabalhou os 12 meses do ano anterior.

Confira a tabela de valores baseada na previsão do salário mínimo de 2022:

  • 1 mês: R$ 100;
  • 2 meses: R$ 200;
  • 3 meses: R$ 300;
  • 4 meses: R$ 400;
  • 5 meses: R$ 500;
  • 6 meses: R$ 600;
  • 7 meses: R$ 700;
  • 8 meses: R$ 800;
  • 9 meses: R$ 900;
  • 10 meses: R$ 1.000;
  • 11 meses: R$ 1.100;
  • 12 meses: R$ 1.200.

Como sacar?

Os beneficiários que não possuem conta nos bancos, podem ir até um caixa eletrônico, com o cartão cidadão e a senha para sacar o dinheiro. Aqueles que não tem o cartão pode receber o valor em qualquer agência da Caixa, mas é preciso levar documento de identificação com foto, CPF e carteira de trabalho. 

Aqueles que possuem dúvida e querem saber se tem direito ao PIS, o trabalhador pode telefonar para a Caixa no 0800-726-02-07 ou acessar o site. Para a consulta, é necessário ter em mãos o número do NIS (PIS/Pasep).

Os servidores que recebem Pasep devem verificar se houve depósito em conta no Banco do Brasil. Caso isso não tenha ocorrido, basta procurar uma agência do BB para regularizar a situação. Mais informações sobre o Pasep podem ser obtidas pelo telefone 0800-729 00 01, do Banco do Brasil.

PIS/PASEP 2022: Início em breve para trabalhadores formais e públicos
PIS/PASEP 2022: Início em breve para trabalhadores formais e públicos (Imagem: FDR)

Como sacar a cota esquecida?

Aqueles que trabalharam em órgãos públicos entre os anos de 1971 até 1988 e não realizaram o resgate do benefício na época podem receber a cota esquecida.

Ao todo, cerca de R$22 bilhões estão parados no Tesouro esperando pelo resgate. Se os resgates não acontecerem, a quantia vai retornar aos cofres da União, sem poder realizar um novo resgate, assim o dinheiro será usado para uma outra coisa pelo governo.

Consulta do abono salarial 

Os trabalhadores podem acompanhar anualmente o seu abono através dos canais de comunicação da Caixa Econômica Federal, que disponibiliza seu portal e o aplicativo Caixa Trabalhador para que o cidadão confira seu PIS.

Para aqueles que recebem o PASEP, existe a possibilidade de acessar o site do Banco do Brasil. Quando o pagamento for liberado, o trabalhador pode ainda verificar o saldo no app da instituição.

Aumento 2022

Todos os anos o salário mínimo sofre um pequeno aumento e isso acaba elevando o valor de alguns benefícios, como é o caso do abono Pis/Pasep, aposentadoria, auxílio doença e Benefício de Prestação Continuada (BPC).

O valor de correção do salário mínimo, leva em conta o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.