Taxa Selic pode subir para 8,5% em breve; como suas finanças serão afetadas?

Atenção para investidores, a taxa Selic poderá subir para 8,5% muito em breve. O aumento deve impactar nas finanças de milhões de brasileiros.

Em caso de aumento, o cálculo de rendimento será feito de uma nova forma. Em comparação com 2020, quando a taxa Selic atingiu a mínima histórica de 2% ao ano, era difícil imaginar o cenário atual quando a taxa deve, em pouco tempo, chegar a marca de 8,5%. 

Pouco mais de um ano depois, em outubro de 2021, a taxa Selic que se encontrava em 6,25% passou para 7,5% ao ano.  Estima-se que nos dias 7 e 8 de dezembro na próxima reunião do Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom), a taxa ultrapasse 8,5%.

Taxa Selic acima de 8,5%, o que significa

A marca prevista não ocorre desde julho de 2017. Quando a taxa atinge 8,5%, a regra de rendimento da poupança muda e o resultado disso é sentido por milhões de brasileiros que utilizam a caderneta.

Com a Selic acima de 8,5% o rendimento que se tem na poupança será menos vantajoso se relacionado a outros investimentos de renda fixa e contas de 100% de crescimento do CDI.

Como é calculado o juros da caderneta

O juros da caderneta com o aumento da taxa Selic para 8,5% são calculados com base em regras, sendo elas:

  • Com a Taxa Selic igual ou abaixo de 8,5% ao ano, a poupança vai render 70% da Selic + Taxa Referencial;
  • Com a Taxa Selic acima de 8,5% ao ano, a poupança rende apenas 0,5% ao mês sobre o valor depositado + Taxa Referencial.

A Taxa Referencial tem estado próxima a zero durante muito tempo, o que resulta  no rendimento da poupança implicando em outros fatores. Quando atrelado à Selic, investidores da poupança garantem que o dinheiro irá acompanhar a variação da taxa básica de juros. 

É importante também estar atento à inflação. O mercado financeiro prevê que a inflação feche em 9,33%, o que significa que o seu dinheiro irá perder o valor, é possível perceber a desvalorização no poder de compra que diminui. 

 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!