Lista de investimentos vão aumentar sua renda sem você precisar fazer nada!

Pontos-chave
  • O mercado conta com investimentos que possuem rendimentos facilitados;
  • A rentabilidade poderá depender de alguns fatores;
  • A abertura de conta em uma corretora pode ser feita pela internet.

No mercado financeiro é possível encontrar diversos tipos de aplicações. Alguns destes podem ser gerenciados de forma mais prática. Descubra uma lista de investimentos que pagam a renda diretamente na conta da corretora sem você precisar fazer nada, de acordo com a colunista Júlia Mendonça, do UOL.

Lista de investimentos vão aumentar sua renda sem você precisar fazer nada!
Lista de investimentos vão aumentar sua renda sem você precisar fazer nada! (Imagem: Montagem/FDR)

Lista de investimentos com renda regular: Aluguéis de fundos imobiliários

Os FIIs representam um conjunto de pessoas, que põem dinheiro no fundo, para adquirir os melhores imóveis do país. Dentro desses fundos, os imóveis presentes são prédios comerciais, shopping centers, hospitais, entre outros.

Mensalmente, quando os inquilinos realizam o pagamento do aluguel, o investidor recebe um valor proporcional dos alugueis aplicados. A quantia é recebida diretamente na conta da corretora. Não há desconto de Imposto de Renda nesta opção de investimento.

Dividendos das ações

Conforme a empresa obtém lucros, os acionistas ou sócios do empreendimento recebem mais. Os lucros são disponibilizados de forma proporcional ao valor aplicado na empresa. Este tipo de investimento também possui isenção de Imposto de Renda, com os valores caindo diretamente na conta da corretora.

O pagamento dos dividendos varia conforme a decisão da empresa. Algumas pagam mensalmente. Já existem outras que pagam a cada 3, 6 ou 11 meses, por exemplo. Por outro lado, se a empresa tiver prejuízo, não haverá dinheiro a ser compartilhado.

Tesouro IPCA+ com cupom semestral

Dentro do Tesouro Direto, há o Tesouro IPCA+. Este é um investimento de renda fixa, indexado à inflação. A compra deste título significa que a pessoa está adquirindo um ativo, que fará com que o dinheiro renda a inflação — e um pouco acima dela.

A cada seis meses, esta opção realiza o pagamento de juros que a aplicação rendeu dentro do período. Cabe ressaltar que existe um desconto de Imposto de Renda dos ganhos.

Tesouro Prefixado com cupom semestral

A cada seis meses, o investimento Tesouro Prefixado realiza pagamento dos juros. O prefixado se refere a uma taxa fixa, sem depender de nenhum índice — como a Selic ou inflação.

Por ser uma taxa definida previamente, o investidor pode saber desde o início quanto a aplicação renderá até a data de vencimento. O pagamento acontece na conta da corretora. Vale destacar que o Tesouro Prefixado possui incidência de Imposto de Renda.

Alguns dos investimentos possuem cobrança de Imposto de Renda
Alguns dos investimentos possuem cobrança de Imposto de Renda (Imagem: Montagem/FDR)

Como abrir conta em uma corretora

Para começar a aplicar, o primeiro passo é abrir conta em uma corretora. No mercado financeiro, existem diversas instituições que oferecem este serviço. Geralmente, o procedimento acontece um por meio de um cadastro, que pode ser feito pela internet.

Durante o cadastro, a corretora solicitará as informações pessoais do interessado. Além disso, poderá ser pedido documentos e dados sobre a situação profissional e renda.

Nessa etapa, a corretora também realizará uma análise de perfil. Por meio de um teste, será possível ter uma ideia da experiência do cidadão com os investimentos.

Depois dessa etapa, a aprovação pode acontecer em algumas horas ou dias. Assim que a conta estiver aberta, será possível transferir dinheiro para ela.

Para que o dinheiro comece a render, o usuário deverá realizar o investimento. Por meio da análise de perfil, a corretora conseguirá indicar as aplicações mais recomendadas de acordo com as características da pessoa.

De qualquer forma, antes de escolher uma corretora, é recomendável ter mais informações sobre a instituição de interesse. Ao realizar uma pesquisa prévia sobre a reputação da empresa, o interessado poderá evitar ter uma decisão mais segura.

Além disso, é interessante verificar quais são as taxas cobradas pela corretora. Os pagamentos acontecem conforme as operações a serem realizadas. Neste sentido, vale verificar as instituições que cobram as menores taxas do mercado.

Outro ponto a se considerar são as funcionalidades da respectiva corretora. Dentro da plataforma, existem diversos tipos de investimentos. Contudo, a aplicação financeira de interesse pode não ser disponibilizada pela instituição.

Também é importante se atentar à parte tecnológica da corretora — a respeito das ferramentas oferecidas, se possui um aplicativo, se possui um site estável, entre outros pontos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.