Documentos que você deve guardar para inserir na declaração do Imposto de Renda 2022

A declaração do Imposto de Renda 2022 deve ser feita e entregue até o dia 29 de abril de 2022. No entanto, quem precisa declarar deve estar atento desde já aos documentos que devem ser inseridos ao IR.

Documentos que você deve guardar para inserir na declaração do Imposto de Renda 2022
Documentos que você deve guardar para inserir na declaração do Imposto de Renda 2022 (IMAGEM: FDR)

Anualmente o imposto de renda deve ser declarado. O IR se trata de um tributo importante cobrado aos cidadãos brasileiros. Apesar de obrigatório, o IRPF não é necessário para todo contribuinte.

Quem deve realizar a declaração do Imposto de Renda

Caso cumpra um dos critérios, a declaração se faz obrigatória, confira os requisitos:

  • Se no último ano seus rendimentos tributáveis foram maiores que R$ 28.559,70, ou seja, se você é trabalhador ou aposentado que mensalmente teve como salário valor igual ou maior a R$ 1.903,98;
  • Se durante o último ano a renda anual foi de R$ 300 mil; 
  • Se recebeu valores referentes a bens, pensões, indenizações, bolsas de valores ou similares;
  • Se realizou venda ou compra de imóveis;
  • Se os rendimentos isentos foram além de R$40 mil;
  • Se realizou algum tipo de atividade rural e tiveram anualmente uma renda além de R$ 142 mil.

Quais documentos guardar para inserir na declaração do Imposto de Renda 2022

A declaração do IRPF 2022 deve acontecer nos meses de março e abril. Mas é importante para quem deve declarar já ter conhecimento de quais documentos precisam ser declarados para realizar a preparação dos mesmos, confira a lista de comprovantes de:

  • Bens;
  • Pagamentos;
  • Dívidas;
  • Rendas.

Como declarar o Imposto de Renda 2022

A declaração do Imposto de Renda é feita de maneira virtual. A partir de março o contribuinte poderá acessar o site oficial da Receita Federal  https://www.gov.br/receitafederal/pt-br e baixar o aplicativo do IR. 

O programa da Receita Federal pode ser baixado em computadores, celulares e tablets, e oferece toda a segurança necessária ao contribuinte para o processo. Após instalar o app é possível realizar a declaração de todo o rendimento de bens, dependentes, investimentos, entre outros.

Restituição do IR

A restituição é o direito do contribuinte de receber o valor da declaração excedente da Receita Federal.

Após a realização da declaração, a Receita Federal fará cálculos e quanto mais deduções o contribuinte tiver, maior o número de descontos. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!