Polícia Federal visita o INEP para vistoria do Enem; ação é praxe ou denúncia?

Ação aconteceu em setembro, mas só agora foi divulgada. O presidente do INEP afirma que essa é uma prática normal antes da aplicação do Enem. O órgão se prepara para a aplicação do exame em meio a diversos problemas internos.

Polícia Federal visita o INEP para vistoria do Enem; ação é praxe ou denúncia?
Polícia Federal visita o INEP para vistoria do Enem; ação é praxe ou denúncia? (Imagem: FDR)

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira está no centro de uma polêmica, com uma série de demissões voluntárias após denúncias de assédio moral e, agora, volta a ser notícia por conta de uma vistoria.

Ao contrário do que se pensou inicialmente, a vistoria, feita pela Polícia Federal, não ocorreu agora, mas sim em setembro. Ou seja, ela não tem nenhuma relação com as demissões e denúncias.

A visita do perito da PF é procedimento esperado para verificação das condições de segurança e de todo o processo”, disse Dupas durante sua participação na Comissão de Educação.

Vistoria da PF no INEP

Não se sabe ao certo se o agente teve acesso às provas, no entanto, as pessoas responsáveis pelo Afis (Ambiente Físico Integrado Seguro), que definem as questões e fazem a segurança do exame afirmam que não sabiam da visita; a informação foi revelada pela Revista Veja.

Dupas foi convocado para prestar esclarecimentos na Comissão de Educação após as mais de 30 demissões ocorrerem e a justificativa delas ser divulgada.

Quanto a vistoria, o presidente do INEP afirmou que é um procedimento normal e que o agente em momento algum ficou sozinho.

“está sujeito a auditoria constante, como deve ocorrer em ambientes com alto nível de segurança, e [o agente] foi acompanhado por um servidor responsável pelo exame”, afirmou ele.

Durante o seu depoimento na comissão, Dupas foi duramente questionado sobre essa “visita” pelo o deputado federal professor Israel Batista.

“Por que ninguém foi avisado? E, principalmente, por que a autorização de entrada deste agente foi excluída do SEI [Sistema Eletrônico de Informações]? O senhor pode enviar para esta comissão as imagens desta data do sistema de segurança do ambiente seguro?”, questionou o deputado.

Para essas questões, o chefe do Inep manteve o silêncio. Acontece que, funcionário do INEP afirmam que nas edições anteriores essa “vistoria” não aconteceu. É provável que a investigação se estenda para entender a motivação real da ação.

Fique bem informado com a editoria de carreiras do FDR.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR. Jamille utiliza sua experiência na área da educação para cobrir notícias sobre cursos, vestibulares, empregos e concursos.