Enem 2021 está garantido! Mas e o futuro do prova? Crise do Inep atrapalha Exame

Crise no Inep preocupa inscritos no Enem 2021, exame será aplicado nas próximas semanas. Saiba como está o andamento das provas e se elas realmente acontecerão nos mesmos dias divulgados anteriormente.

Enem 2021 está garantido! Mas e o futuro do prova? Crise do Inep atrapalha Exame
Enem 2021 está garantido! Mas e o futuro do prova? Crise do Inep atrapalha Exame (Imagem: FDR)

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) está passando por uma crise interna bastante preocupante.

Principalmente para os inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio. Em poucos dias mais de 30 funcionários do órgão pediram demissão e meio a acusações de assédio moral. Boa parte deles estavam relacionados com o Exame.

Enem 2021 garantido?

De acordo com o presidente do Inep, Danilo Dupas, as provas do Enem e do Enade estão sim garantidas.

“O Exame Nacional do Ensino Médio, Enem, e o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes, Enade, serão realizados normalmente nas próximas semanas”, afirmou Dupas.

Ele garante essa continuidade, porque as provas dos dois exames já estão elaboradas, como havia afirmado o Ministro da Educação, Milton Ribeiro.

Ou seja, os funcionários que pediram as exonerações dos cargos já tinham cumprido suas funções.

Atualmente o status do Enem 2021 é o seguinte: provas concluídas, que já se encontram impressas e aguardam apenas a etapa de distribuição.

“Reforço que as aplicações estão garantidas, pois as fases preparatórias foram cumpridas, restando a distribuição das provas para sua aplicação”, acrescentou Dupas.

Essas afirmações foram feitas pelo Presidente do INEP durante audiência na manhã da última quarta-feira, 9, em que foi convocado para prestar esclarecimentos sobre as demissões em massa e as acusações deitas contra ele.

Demissões no INEP

Desde a última sexta-feira, 37 funcionários, inclusive coordenadores, do órgão pediram demissão dos seus cargos. Eles alegam que há uma da “fragilidade técnica e administrativa da atual gestão máxima”, além de fazerem denúncias de assédio moral.

As demissões ainda não foram publicadas no Diário Oficial da União. E, com isso, os funcionários ainda continuam em seus postos de trabalho.

Ao ser convocada na manhã de ontem, Dupas afirmou que não praticou ações ou situações que gerassem constrangimento aos funcionários, além disso ele disse que:

“Não compactuamos e repudiamos qualquer ato e que se enquadre como assédio moral. As tomadas de decisão de movimentação de servidores para outros setores ou cargos foram e serão feitas sempre com base no perfil do funcionário e na natureza da atividade, no intuito de melhorar a execução dos serviços”.   

Fique bem informado com a editoria de carreiras do FDR.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR. Jamille utiliza sua experiência na área da educação para cobrir notícias sobre cursos, vestibulares, empregos e concursos.