Gás de cozinha nas alturas! Governo planeja diminuir valor em todo Brasil

Pontos-chave
  • Gás de cozinha está mais caro após reajuste da Petrobras;
  • Botijão de gás mais caro é cobrado a R$ 140;
  • Governo pretende aprovar lei para baratear o preço do gás de cozinha.

A Agência Nacional do Petróleo (ANP) realizou uma pesquisa entre o período de 31 de outubro a 6 de novembro com o objetivo de apurar o preço do gás de cozinha. Desta forma foi possível identificar que a cobrança pelo botijão de gás já chegou a R$ 140 em determinadas regiões do país. 

Gás de cozinha nas alturas! Governo planeja diminuir valor em todo Brasil
Gás de cozinha nas alturas! Governo planeja diminuir valor em todo Brasil. (Imagem: FDR)

O gás de cozinha mais caro é comercializado no Estado do Mato Grosso (MT), onde o preço mínimo é de R$ 100 e o máximo R$ 140, ou seja, uma alta de 3,7%. O valor médio fica em R$ 102,04 para R$ 102,48, um aumento de 0,43%. A alta ocorreu após o reajuste nas refinarias da Petrobras no dia 9 de outubro. 

Inflação do gás de cozinha

A alta da inflação no Brasil não afeta somente o preço dos alimentos, mas também a maneira como eles são preparados. É o caso do gás de cozinha que, diante do custo elevado, tem sido substituído em casas de famílias de baixa renda por alternativas mais baratas, como o fogão a lenha. 

No final de 2020, o preço do gás de cozinha girava em torno de R$ 75,29, quantia que passou por uma alta cinco vezes superior à inflação acumulada no período, de 5,67%.

A alta excessiva que fez com que o preço mais caro chegasse a R$ 140 sofre a influência da inflação, que teve um avanço de 1,25% em outubro, atingindo um patamar assustador

O resultado foi obtido através do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado atual da inflação já acumula uma alta de 8,24% neste ano e de 10,67% nos últimos 12 meses. 

O índice continua alto se fizer uma comparação com os 12 meses anteriores, quando a inflação chegou a 10,25%. Este foi o maior registro no intervalo de um ano desde janeiro de 2016, com 10,71%. O resultado claramente superou as estimativas. 

Desconto no gás de cozinha

Nos últimos dias, a Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados aprovou um Projeto de Lei (PL) que prevê o valor máximo de R$ 49 pelo gás de cozinha. No entanto, a proposta é direcionada a famílias de baixa renda, limitado a um botijão de gás por mês. 

No entanto, o projeto deve ser aprovado a caráter conclusivo por todas as comissões na Câmara dos Deputados, e depois no Senado Federal. Se sancionado em formato de lei, irá requerer que as famílias de baixa renda estejam inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal.

Perante a lei, todos os revendedores de gás de cozinha serão obrigados a vender o botijão de gás pelo valor mencionado de R$ 49. Em caso de descumprimento da lei, o cidadão será acusado de cometer infração da ordem econômica nos termos da Lei nº 12.529, de 2011.

Economia do gás de cozinha

Com os valores excessivos cobrados pelo gás de cozinha em todo o país, a economia se tornou uma necessidade. Por isso, o portal FDR reuniu algumas dicas para você fazer o seu botijão de gás durar por mais tempo. Veja!

  • Observar as mangueiras e o botijão 

Estar atento às roscas do botijão de gás de cozinha junto aos canos do fogão e do forno são medidas de prevenção essenciais. Basta despejar um pouco de espuma de sabão e verificar se existe algum vazamento que se mostrará pela formação de bolhas no ar. 

  • Manter as bocas do fogão limpas

Se as chamas do fogão estiverem em um tom amarelo ou alaranjado, este é um sinal de que as bocas estão sujas ou funcionando mal. Isso faz com o que o fogo perca a potência, gastando mais gás para o cozimento da comida. 

  • Evitar passagem de vento

Uma dica importante é fechar as portas e janelas para diminuir a corrente de ar e por consequência o tempo para as panelas esquentarem até atingir a temperatura ideal para o cozimento. 

  • Utilize bocas de fogão próprias para a panela

Cozinhar com uma panela muito grande em uma boca de fogão pequena também é uma forma de desperdiçar gás de cozinha. Por isso, preste bastante atenção na hora de preparar os alimentos. 

  • Tampe as panelas 

Quando as panelas estão fechadas, as chamas são melhor aproveitadas, fazendo com que a comida cozinhe mais rápido, já que o calor não se espalha no ar. 

  • Corte os alimentos em pedaços proporcionai

O tempo de cozimento dos alimentos está relacionado ao tipo de alimento. Quanto maior e mais espesso ele for, maior será o tempo gasto e, por consequência, a quantidade de gás.

Por esta razão, uma dica de ouro é cortar os alimentos em pedaços proporcionais para otimizar o tempo e economizar o gás de cozinha

  • Otimize o uso do forno

A recomendação é tentar cozinhar diferentes tipos de pratos de uma vez só no forno. É o caso do prato principal e da sobremesa, por exemplo. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.