Amazonas inicia distribuição do cartão auxílio com crédito de R$ 150

Uma espécie de auxílio emergencial será pago aos cidadãos do Amazonas. O benefício no âmbito estadual será pago no valor de R$ 150 através de cartões que começaram a ser distribuídos nesta terça-feira, 9. 

Amazonas inicia distribuição do cartão auxílio com crédito de R$ 150
Amazonas inicia distribuição do cartão auxílio com crédito de R$ 150. (Imagem: FDR)

Ao todo, cerca de 300 mil famílias de baixa renda do Amazonas terão direito a receber o auxílio. Os cartões já foram entregues em um evento realizado no Centro de Convivência Padre Pedro Vignola. 

Na ocasião, foi ressaltado que não basta se caracterizar na condição de baixa renda, é preciso que os beneficiários estejam inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal. Das 300 mil famílias contempladas pelo auxílio no Amazonas, 158 mil residem em Manaus, e o saldo de 142 mil no interior do estado.

Na solenidade de terça-feira, 9, foram entregues 859 cartões do auxílio, enquanto nesta quarta-feira, outros nove postos de distribuição foram abertos em todas as zonas da capital para auxiliar na continuidade da distribuição.

De acordo com a secretária executiva do Fundo de Promoção Social, Kathleen Braz, “Os beneficiários do programa são aquelas pessoas que, após a pandemia, não tiveram condições de trabalhar, condições de se reinserir no mercado de trabalho. O Auxílio vem para dar condições para 300 mil famílias, para que elas possam ter a segurança alimentar garantida na mesa”, declarou.

Embora a solenidade oficial de lançamento do auxílio e respectiva entrega dos cartões tenha ocorrido ontem, os beneficiários ainda podem retirar a ferramenta.

Estando ciente sobre o direito ao benefício, basta fazer uma consulta no site: auxilio.am.gov.br, usando o número do CPF para obter informações sobre o local de retirada do cartão.

É importante ressaltar que o auxílio estadual do Amazonas poderá ser usado somente em estabelecimentos devidamente credenciados, com o propósito de adquirir alimentos, itens de limpeza e higiene pessoal. Ao todo, foram investidos R$ 540 milhões ao ano para a efetivação do programa. 

Segundo informações da Secretaria de Assistência Social (Seas), hoje, cerca de 400 mil famílias em situação de vulnerabilidade social vivem no Amazonas. Entre elas, os beneficiários do CadÚnico respeitando os requisitos do sistema, como a participação de mulheres chefes de família monoparentais, grupos familiares compostos por idosos e pessoas com deficiência, além de pessoas com renda per capita de até meio salário mínimo. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.