Rio Grande do Sul confirma retorno obrigatório dos alunos às aulas presenciais

A partir da próxima semana as aulas presenciais serão obrigatórias para todas as redes de ensino do Rio Grande do Sul. As escolas terão que fazer as adaptações necessárias até a data de retorno.

Mais um estado Brasileiro anunciou na última semana a volta das aulas presenciais com ocupação máxima das escolas.

A obrigatoriedade, estabelecida no Decreto 56.171, é válida para as escolas públicas (estaduais e municipais) e particulares, tanto da educação infantil, quanto do ensino fundamental e ensino médio.

“As crianças e adolescentes não estão isolados em casa. Estão interagindo e participando da sociedade. Portanto, não adianta apenas restringir a interação deles na escola. A escola é onde muitos têm acesso à alimentação e onde o processo de aprendizagem é mais efetivo”, pontuou a secretária da Educação, Raquel Teixeira.

O Governo do estado primeiro determinou que a volta total das atividades presenciais acontecesse no dia 3 de novembro, próxima quarta-feira.

No entanto, resolveu estender o prazo para 8 de novembro para as escolas conseguirem se preparar para a retomada.

Medidas para a volta total das aulas presenciais no RS

Para receber todos os estudantes nas escolas é necessário ainda seguir as medidas divulgadas pela Secretaria de Educação do Rio Grande do Sul; confira abaixo:

  • Distanciamento mínimo de 1 metro entre os estudantes. Uso obrigatório de máscara.
  • Higienização constante das mãos.
  • Ambientes ventilados, de preferência natural.

Quanto ao distanciamento é importante lembrar que o decreto já prevê que algumas unidades escolares não tenham capacidade para receber todos os alunos e manter a distância de 1 metro.

Para elas o sistema de revezamento poderá ser adotado. Assim terão que permanecer com a oferta de ensino remoto para os momentos em que aquele grupo de estudantes não estiverem presencialmente nas escolas.

Além disso, se o estudante por recomendação médica não puder frequentar a escola terá que permanecer com as aulas virtuais.

Vale lembrar que para isso é necessário apresentar documentação que comprove a situação.

Precisamos desse retorno pela questão pedagógica, cada dia é importante para os estudantes. Quanto mais tempo sem a escola, mais difícil é trazer os jovens de volta”, completou a secretária da Educação.

 Fique bem informado com a editoria de carreiras do FDR.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR. Jamille utiliza sua experiência na área da educação para cobrir notícias sobre cursos, vestibulares, empregos e concursos.