Black Friday das lojas físicas vai ter leve aumento no faturamento, mostra pesquisa

Os consumidores estão mais propensos a retomar suas compras em lojas físicas na Black Friday deste ano. O avanço da vacinação e a flexibilização das atividades comerciais contribuem para este movimento.

Uma pesquisa realizada pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte, mostrou que entre os dias 13 e 15 de outubro, a grande parte do público, 90%, escolheu os estabelecimentos comerciais de rua e dos shoppings na capital para comprar os presentes para o Dia das Crianças.

Este crescimento no movimento é tipo como essencial para o comércio de BH e estimula a expectativa para as próximas datas especiais que se aproximam.

Marcelo Souza e Silva, presidente da CDL-BH, disse que vem sendo observado um crescimento no movimento das lojas físicas desde o Dia das Mães. A expectativa é que o crescimento continue.

O avanço da vacinação contra o coronavírus e o 13º salário, o que inclui o do funcionalismo público no período correto, impulsionam a demanda e a ida dos compradoras as lojas.

“Estamos vendo este movimento desde o Dia das Mães. Percebemos que os consumidores estão usando os canais digitais para consultar preços e negociar e acabam fechando as compras nas lojas físicas. Isso é excelente. Com o cliente indo na loja física, os lojistas conseguem atrair para outras compras, podem fazer vendas mais qualificadas, com tíquete médio maior e mais produtos”, disse Marcelo.

Ele diz ainda que o Dia das Crianças é considerado um aquecimento para a Black Friday e o Natal.

“Esperamos vendas e movimento positivo nas próximas datas comemorativas. O que precisamos é qualificar o ambiente de negócios, com melhorias na mobilidade para facilitar o deslocamento. Precisamos resolver questões como o aumento de pessoas em situação de rua, o que afasta os consumidores. Precisamos melhorar o ambiente, pensar na cidade como um todo”.

O levantamento da CDL-BH, mostrou que 90% das pessoas optaram pelos estabelecimentos comerciais de rua e os shoppings. Já as vendas realizadas pelas redes sociais representaram 7,1% da preferência e o e-commerce, 2,9%.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.