E-commerce deve aumentar vendas na Black Friday de 2021 comparado a 2020

No último ano, em pleno auge da pandemia do coronavírus, as vendas pela internet foram o grande destaque da Black Friday, considerada a mais digital da história. De acordo com um levantamento da Neotrust/Compre&Confie, em 2020, o faturamento do comércio eletrônico foi de R$3,1 bilhões, um aumento de 24,8% em comparação com 2019.

Um outro levantamento, a Pesquisa Retomada do Consumo 2021 para Inteligência de Mercado Globo, da Behup, mostrou que 80% dos consumidores realizaram suas compras nos novos canais de venda, como WhatsApp ou outras redes sociais.

O sócio-fundador da Digimax AdTech, Douglas Cardoso, diz que em 2021 este crescimento permanecerá. Ele acredita nisto, pois muitos consumidores que realizaram sua primeira compra pela internet na pandemia, gostaram da experiência e devem aproveitar os descontos oferecidos, mesmo com a retomada dos atendimentos nas lojas.

Compras online 

Através de uma pesquisa feita pela McKinsey, foi revelado que a pandemia causou, em 90 dias, uma mudança no comportamento do consumidor que estavam previstas para acontecer apenas em 10 anos.

Marcelo Osani, líder de e-commerce da Ebit|Nielsen, disse que o comércio pela internet está passando por uma fase de consolidação e que o consumidor está comprando de forma mais constante produtos de diversas categorias.

Compras pela internet estão dominando o comércio tanto para pessoas mais jovens como para pessoas mais velhas de acordo com o Canaltech. 

Como a quarentena obrigou as pessoas a comprar de forma online, a visão a respeito de segurança, transparência e valor deste tipo de mercado, mudou. 

Vendas pela internet somam R$5,5 bilhões

Fernando Amaral, diretor de cartões do Itaú Unibanco, diz que o aumento nas vendas pela internet é uma tendência do varejo.

Entre as formas de pagamento utilizadas nas compras da Black Friday 2020, Fernando destacou o uso do cartão virtual, que teve um aumento de 153% no uso com relação a 2019, e uma maior presença de compras com cartão com a tecnologia NFC, por aproximação nas vendas em lojas físicas.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA