Dieese divulga valor ideal do salário mínimo de setembro e assusta economia

Pesquisas revelam valor ideal para o salário mínimo de setembro e assustam a população. Nessa semana, o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) liberou seu último balanço que aponta a quantia necessária para sustentar uma família. De acordo com o relatório, o cidadão precisa receber ao menos R$ 5.657,66.

Dieese divulga valor ideal do salário mínimo de setembro e assusta economia (Imagem: Reprodução/Jornal Contabil)
Dieese divulga valor ideal do salário mínimo de setembro e assusta economia (Imagem: Reprodução/Jornal Contabil)

Há meses o brasileiro vem sentindo o peso da inflação em seu bolso. Semanalmente são divulgados novos reajustes aumentando o valor da cesta básica, gasolina, água, conta de luz e até mesmo botijão de gás. Com isso, o atual salário mínimo de R$ 1.100 se mostra cada vez mais insuficiente.

Dieese pontua novo salário cinco vezes mais alto

De acordo com os últimos estudos do Dieese, o cidadão precisa receber ao menos R$ 5.657,66 para sustentar uma família de dois adultos e duas crianças. O valor, no entanto, é cinco vezes maior que a atual quantia concedida no Brasil.

Para fazer o cálculo, o departamento leva em consideração o preço da cesta básica que segue apresentando índices de alta. Neste momento, os locais com os maiores reajustes são Brasília (3,88%), Campo Grande (3,53%), São Paulo (3,53%) e Belo Horizonte (3,49%), sendo que as quedas mais intensas ocorreram em João Pessoa (-2,91%) e Natal (-2,90%).

A economista Patrícia Costa, supervisora da Pesquisa da Cesta Básica, explica que os produtos com o maior reajuste foram o açúcar, o café em pó e o tomate. No entanto, de acordo com ela, há também problemas na distribuição de demais insumos.

“Ainda temos problemas na oferta de alguns produtos, principalmente pelo clima e pelas exportações. Mas a demanda interna também está bem enfraquecida. Com isso, as pessoas têm menos poder de compra por conta do aumento da inflação. A gente vem observando aumento no preço dos alimentos, na conta da energia elétrica, no gás e tudo faz com que as famílias brasileiras, principalmente de baixa renda, tenham menos dinheiro para os alimentos. Em agosto a gente tem ainda a influência da geada, com impacto muito negativo nas lavouras”.

Salário mínimo de 2022

Mesmo diante do encarecimento, o governo federal já divulgou a previsão do salário mínimo de 2022 e não há noticias positivas para a população. O esperado é que o trabalhador passe a receber um valor de R$ 1.169, o que não trará um aumento significativo com relação a inflação.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA