Teresina anuncia liberação de tíquete financeiro para alimentação e higiene das famílias

Na última segunda-feira (27), o governador do Piauí, Wellington Dias, entregou o tíquete financeiro para 618 famílias de Teresina. O recurso é destinado para a compra de itens básicos de alimentação e higiene.

Teresina anuncia liberação de tíquete financeiro para alimentação e higiene das famílias
Teresina anuncia liberação de tíquete financeiro para alimentação e higiene das famílias (Imagem: divulgação/Governo do Piauí)

A entrega do tíquete financeiro aconteceu na Vila Irmã Dulce, zona Sul de Teresina e contou com a participação de representantes da Cruz Vermelha. O benefício tem como objetivo auxiliar na compra de alimentos e produtos de higiene.

O tíquete financeiro está sendo entregue por meio de um cartão vinculado a uma conta em banco digital. Nessa conta, o governo estadual fará o depósito dos valores. O projeto irá beneficiar 618 famílias em situação de vulnerabilidade social.

O benefício é resultado de uma parceria do estado com a Cruz Vermelha. O Piauí foi incluído em dois grandes projetos de ajuda humanitária da Cruz Vermelha Brasileira. O primeiro é referente à segurança alimentar de famílias em situação de vulnerabilidade social.

Com isso, serão pagos três parcelas a cada mês: duas de R$ 150,00, financiadas pelo Nubank, e uma parcela de R$ 100,00, financiada pela Embaixada do Kuwait. Dessa maneira, os beneficiados do tíquete financeiro irão receber ao total R$ 400,00.

O segundo projeto é voltado para a doações de insumos hospitalares para o estado. A Cruz Vermelha ganhará um ponto de apoio no Piauí para ajudar no atendimento às famílias em situação de vulnerabilidade social e realizar os projetos sociais.

O governador Wellington Dias também anunciou a ampliação do Cartão Pro-Social. Nesse, o governo estadual paga um benefício de R$ 200 para as famílias em situação de vulnerabilidade social que não assistidas por outros programas de transferência de renda.

O programa Cartão Pro-Social atende, atualmente, 15 mil famílias. A previsão é que com a ampliação esse número chegue a 23 mil. “Estamos liberando uma nova etapa numa perspectiva de alcançar mais ou menos 200 mil famílias em todo o Piauí até o final deste ano”, disse.

Segundo Wellington Dias, hoje o estado ajuda financeiramente as famílias mais carentes, mas também estão estudando formas de ensinar esses beneficiários a ter a independência financeira.

“É claro que tem que dar o peixe e a preocupação é também a de ensinar a pescar e viabilizar o anzol, garantindo uma renda fruto do trabalho”. Diante disso, será implantada a base da Cruz Vermelha no Piauí para atuar nessa ação.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, além de realizar consultoria de redação on-line.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA