SP, Rio e outras capitais que vão manter calendário de vacinação para adolescentes

Pontos-chave
  • Na última quarta-feira (15), o Ministério da Saúde, em nota, recomendou a suspensão da imunização de adolescentes de 12 a 17 anos;
  • A recomendação é que a vacinação para essa faixa etária seja para adolescentes com deficiência, comorbidades ou privados de liberdade;
  • Apesar da orientação, pelo menos 10 capitais, entre elas, São Paulo e Rio de Janeiro, manterão a imunização dessa faixa etária;

Na última quarta-feira (15), o Ministério da Saúde, em nota, recomendou a suspensão da imunização de adolescentes de 12 a 17 anos. Agora a recomendação é que a vacinação para essa faixa etária seja para adolescentes com deficiência, comorbidades ou privados de liberdade.

SP, Rio e outras capitais que vão manter calendário de vacinação para adolescentes
SP, Rio e outras capitais que vão manter calendário de vacinação para adolescentes (Imagem: Agência Saúde DF)

Apesar da orientação do Ministério da Saúde para suspender a vacinação contra a COVID-19 para adolescentes sem comorbidades, pelo menos 10 capitais, entre elas, São Paulo e Rio de Janeiro, manterão a imunização dessa faixa etária.

Outras 5 capitais declararam que vão seguir a recomendação do Ministério da Saúde e suspender a imunização dos adolescentes. Mas, outras 4 capitais estão esperando mais informações para poder tomar uma posição sobre a suspensão da vacinação desse grupo.

As capitais que decidiram manter a vacinação dos adolescentes de 12 a 17 sem comorbidades foram: São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Aracaju (SE), Goiânia (GO), Manaus (AM), Rio Branco (AC), Vitória (ES), Porto Alegre (RS), Recife (PE) e Porto Velho (RO).

Já as capitais que irão seguir a orientação do Ministério da Saúde e interromper a vacinação dos jovens menores de 18 anos serão: Salvador (BA), Natal (RN), Belém (PA), Campo Grande (MS), Maceió (AL), Manaus (AM).

Porém, Ibaneis Rocha (MDB), governador do Distrito Federal, confirmou que a imunização dos adolescentes entre 14 até 17 anos irá continuar no estado. No entanto, será suspensa a vacinação para os jovens de 13 anos.

Em relação a Palmas (TO) e Boa Vista (RR), a decisão foi aguardar por mais informações para só então tomar uma decisão. Enquanto isso, as capitais Macapá (AP) e São Luís (MA) já imunizaram todos os adolescentes.

Outras 5 capitais não deram início a vacinação dos jovens com menos de 18 ano sem comorbidades. São elas: Teresina (PI), Belo Horizonte (MG), Cuiabá (MT), Curitiba (PR) e João Pessoa (PB).

Estados que vão manter a vacinação Capitais que vão manter vacinação Capitais que vão suspender a vacinação Capitais que aguardam informações para decidir Capitais que não começaram a vacinar adolescentes
São Paulo

Santa Catarina

Mato Grosso do Sul

Piauí

Amapá

Espírito Santo

Goiás

Maranhão

Roraima

Distrito Federal

Pernambuco

Rio de Janeiro

Rio Grande do Sul

Ceará

Pará

Rio Grande do Norte

São Paulo (SP)

Rio de Janeiro (RJ)

Aracaju (SE)

Goiânia (GO)

Manaus (AM)

Rio Branco (AC)

Vitória (ES)

Porto Alegre (RS)

Recife (PE)

Porto Velho (RO)

Fortaleza (CE)

Florianópolis (SC)

Salvador (BA)

Natal (RN)

Belém (PA)

Campo Grande (MS)

Maceió (AL)

Manaus (AM)

 

Palmas (TO)

Boa Vista (RR)

 

 

Teresina (PI)

Belo Horizonte (MG)

Cuiabá (MT)

Curitiba (PR)

João Pessoa (PB)

 

Vacinação em São Paulo (SP)

Mesmo depois da recomendação do Ministério da Saúde, a Prefeitura de São Paulo vai prosseguir com a vacinação contra a COVID-19 para os adolescentes com 12 a 17. Os idosos acima de 85 anos também podem ir até as unidades de saúde para receber o reforço.

A vacina Pfizer é a única autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Avisa) para a vacinação em pessoas com menos de 18 anos. Para tomar a dose o adolescente precisa estar acompanhado dos pais ou responsável.

Vacinação no Rio de Janeiro (RJ)

Nesta semana, a prefeitura do Rio de Janeiro segue com a aplicação da primeira dose da vacina contra covid-19 em adolescentes de 14 anos de idade. Hoje (17), os meninos serão imunizados, segundo o calendário divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde.

SP, Rio e outras capitais que vão manter calendário de vacinação para adolescentes
SP, Rio e outras capitais que vão manter calendário de vacinação para adolescentes (Imagem: Reprodução/Exame)

Está sendo aplicada também a primeira dose em pessoas com mais de 22 anos que perderam a data de vacinação. Além disso, as gestantes, puérperas, lactantes e pessoas com deficiência que tenham 12 anos ou mais também podem se vacinar.

Quanto às doses de reforço serão aplicadas em idosos que tenham 93 anos ou mais. Além dos idosos, serão vacinadas as pessoas com alto grau de imunossupressão e que tenham a idade de 60 anos ou mais.

Vacinação em Belo Horizonte (MG)

Nesta sexta-feira (17), será a repescagem da dose de reforço para idosos de 81 a 79 anos e de 88 a 86 anos, cuja segunda dose tenha completado 6 meses, ou que faltem até 15 dias para completar este prazo.

No sábado (18), a segunda dose é para pessoas de 54 anos, vacinadas com AstraZeneca. Mas, somente para as pessoas de 54 anos cuja data do cartão de vacina esteja marcada para até 25 de setembro.

Na segunda-feira (20), será a segunda dose as pessoas de 53 anos, vacinadas com AstraZeneca. Apenas para as pessoas de 53 anos cuja data do cartão de vacina esteja marcada para até 27 de setembro.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, além de realizar consultoria de redação on-line.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA