Cronograma de vacinação contra COVID-19 em SP, RJ, Salvador e Porto Alegre

Pontos-chave
  • Brasil já aplicou mais de 200 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19;
  • Presidente da OMS elogiou o avanço da campanha de vacinação brasileira;
  • Capitais brasileiras já iniciaram a imunização de adolescentes.

A vacinação contra a Covid-19 no Brasil atingiu proporções notáveis. Segundo dados apurados pelo consórcio de veículos de imprensa, o país já aplicou mais de 201 milhões de doses de todas as vacinas em território brasileiro. 

Cronograma de vacinação contra COVID-19 em SP, RJ, Salvador e Porto Alegre
Cronograma de vacinação contra COVID-19 em SP, RJ, Salvador e Porto Alegre. (Imagem: Reprodução/R7)

O quantitativo se refere à primeira, a segunda e a dose única das vacinas contra a Covid-19, totalizando 201.449.93 doses aplicadas. Ou seja, o total de brasileiros com o esquema vacinal completo é de 67.102.644, ou seja, 31,46% da população nacional. 

Enquanto isso outras 134.347.290 pessoas tomaram a primeira dose da vacina, o que equivale a 62,98% da população brasileira. Estes números foram motivo de elogios pronunciados pelo diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom, que destacou positivamente a campanha de vacinação brasileira. 

Na oportunidade, o diretor-geral da OMS também ressaltou o fato de o Brasil ter iniciado a fase de transição entre importador para exportador de vacina contra a Covid-19. Isso porque, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), passará a fabricar vacinas utilizando o Insumo Farmacêutico Ativo (IFA) produzido 100% no Brasil.

Todos estes fatores podem ser notados no avanço de alguns calendários de vacinação em específico. Como em São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador e Porto Alegre. Veja detalhes a seguir!

São Paulo 

Nesta segunda-feira, 6, a cidade de São Paulo (SP) deu início à vacinação de adolescentes com idade entre 12 a 14 anos sem comorbidades ou deficiência física permanente. A administração municipal estima que este público seja formado por 360 mil adolescentes. 

Os jovens na faixa etária mencionada devem se dirigir aos postos de vacinação acompanhados dos pais ou responsáveis. Na impossibilidade de acompanhamento por parte dos pais ou responsáveis, outro adulto pode ir junto ao adolescente, desde que apresenta uma autorização devidamente assinada pelo responsável.

Ainda hoje os idosos com 90 anos de idade ou mais também começam a receber a terceira dose da vacina contra a Covid-19. Este público formado por, aproximadamente, 52 mil pessoas deve ser vacinado até o dia 12 de setembro.

Vale ressaltar que enquanto os adolescentes serão imunizados com a Pfizer, os idosos receberão o reforço vacinal com a CoronaVac. 

Rio de Janeiro 

A vacinação na capital carioca será direcionada a adultos com 25 anos ou mais, gestantes, puérperas, lactantes e adolescentes entre 12 a 17 anos de idade com comorbidades.

Vale lembrar que os postos de vacinação seguem aplicando a segunda dose da vacina contra a Covid-19 de acordo com os agendamentos registrados nos comprovantes de vacinação entregues na primeira etapa da campanha. 

Na oportunidade, a Prefeitura do Rio de Janeiro (RJ) orientou os munícipes a procurar os postos de vacinação das 10h em diante. Ressaltando a necessidade de apresentar o documento de identidade original com foto, CPF, comprovante de vacinação e caderneta de vacinação [se tiver]. 

No caso específico de pessoas com deficiência (PCD) é preciso apresentar laudo médico, cartões de gratuidade no transporte público, documentos que comprovem atendimento em centros de reabilitação ou unidades especializadas na condição alegada.

O documento de identidade original com foto, indicação de deficiência ou qualquer outro documento semelhante também deve ser apresentado. 

Já as gestantes e puérperas devem apresentar o cartão de pré-natal, além da assinatura do termo de esclarecimento que deve ser obtido pelo link: coonavirus.rio/vacina. Enquanto isso, as lactantes devem fornecer a indicação do médico pediatra que faz o acompanhamento da criança. 

Salvador 

Em Salvador, a vacinação contra a Covid-19 está suspensa desde o último domingo, 5, e permanecerá inativa até amanhã, 7. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a suspensão temporária do calendário de imunização aconteceu em virtude do feriado de 7 de setembro, quando se comemora o Dia da Independência do Brasil.

A ação interrompe a aplicação da primeira e da segunda dose da vacina contra a Covid-19. No entanto, o cronograma de vacinação será retomado normalmente na próxima quarta-feira, 8.

Durante uma coletiva de imprensa realizada na última semana, o prefeito de Salvador, Bruno Reis, informou que a capital baiana já vacinou 96% da população municipal com a primeira dose. Por outro lado, um saldo de 87 mil munícipes seguem sem se vacinar. 

“Reduzimos de 125 mil pessoas acima dos 18 anos que não tinham tomado a primeira dose, para 87 mil. Esses 87 mil, fazemos um apelo para que possam se vacinar”, clamou o prefeito.

Cronograma de vacinação contra COVID-19 em SP, RJ, Salvador e Porto Alegre
Cronograma de vacinação contra COVID-19 em SP, RJ, Salvador e Porto Alegre. (Imagem: Prefeitura de Jundiaí)

Ele também mencionou que outros 45% que fazem parte do público elegível para a conclusão do esquema vacinal já receberam a segunda dose da vacina contra a Covid-19.

A quantidade de idosos em busca do reforço vacinal também é baixa, lembrando que Salvador tem priorizado a terceira dose para idosos com 80 anos ou mais que já receberam a segunda dose há seis meses.

Porto Alegre

Nesta segunda-feira, 6, a cidade de Porto Alegre dá continuidade à vacinação de adultos com 18 anos ou mais. Este público pode se dirigir a um dos 11 postos de vacinação espalhados pela cidade. 

Além do que, a capital do Rio Grande do Sul também já iniciou a vacinação de adolescentes na faixa etária de 12 a 17 anos de idade com comorbidades. A vacina da Pfizer, imunizante exclusivo da vacinação de adolescentes, também será direcionada àqueles que o receberam há dez semanas ou mais. 

Ressaltando que a vacinação para o recebimento da primeira dose requer a apresentação do documento de identidade original com foto, CPF e comprovante de residência.

No caso dos profissionais da saúde ou da educação é necessário apresentar algum documento capaz de comprovar o vínculo empregatício nas respectivas áreas. 

Agora, se tratando dos adolescentes com comorbidades, é preciso fornecer uma receita, laudo ou exame médico capaz de comprovar a condição alegada, bem como o comprovante de residência em nome dos pais ou responsáveis. 

A vacinação realizada através do Rolê da Vacina acontece das 09h às 16h na Marina Navegantes São João, situada no bairro Arquipélago. No final do dia, das 18h às 21h, a imunização é feita nas unidades de saúde: São Carlos, Modelo, Tristeza e Ramos.

 

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 4.5
Total de Votos: 2

Cronograma de vacinação contra COVID-19 em SP, RJ, Salvador e Porto Alegre

×
Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA